10 Motivos para assistir a estreia de American Horror Story: Coven

Estreia na noite desta quarta-feira (9) na tv americana American Horror Story: Coven, a nova temporada da série de horror de Ryan Murphy, mesmo criador de sucessos como Glee e Nip/Tuck (Estética). Em seu terceiro ano, a produção terá uma nova história, focada na bruxaria nos EUA.
Depois de dois primeiros anos incríveis, selecionamos 10 motivos para você não perder Coven, a terceira temporada de American Horror Story:

Coven trará de volta uma boa parte do cast que brilhou nas temporadas anteriores, como Denis O’Hare, Sarah Paulson, Taissa Farmiga, Lily Rabe e Jessica Lange, esta última indicada ao Emmy Awards 2013 e que já provou a sua capacidade de se renovar a cada temporada, interpretando magnificamente cada personagem que lhe é entregue.
– A nova temporada focará na bruxaria, um assunto que é pode ser abordado de diversas formas, como é visto na própria televisão e no cinema – seja de uma forma divertida, assustadora ou polêmica, a temática chama a atenção e é sinônimo de sucesso.
– A escola de bruxaria apresentada na trama de Coven já é considerada pela crítica como uma Hogwarts (a escola da saga de Harry Potter), só que abordada de uma maneira intensamente sexual.
– Coven não irá só retratar bruxas e os conflitos que os envolve, mas também falará de temas específicos como rituais de magia, vodu e sacrifícios, seja de animais ou humanos.
– Um gostinho da nova temporada já pode ser sentido no primeiro trailer de Coven, divulgado há semanas atrás.
– No mesmo trailer, vemos a bruxa Fiona gritando “a única coisa que vocês devem temer sou eu!”, mostrando todo o lado perverso da personagem de Jessica Lange, que promete mais uma vez se destacar na série. Em contra-partida, a vilã Marie Laveau da atriz Angela Basset promete tocar o terror pra cima das bruxas.
– Coven, segundo Ryan Murphy, será um pouco diferente das primeiras temporadas de American Horror Story. Enquanto ‘Murder House’ apostou num tom misterioso e sombrio e ‘Asylum’ focou no sci-fi e na intensificação desse lado dark da produção, Coven continuará sendo uma série de horror, mas ganhará uns toques de comédia. «AHS será» assustadora, mas mais divertida”, afirmou Murphy em entrevista a Entertainment Weekly.
– Uma dos grandes destaques de ‘Asylum’ foi a maneira envolvente como cada personagem foi apresentado ao longo da trama, aproximando o telespectador da trama. Um carinho especial por alguns personagens foi criado por quem assistiu e se interessou pela temporada, e o mesmo se espera de Coven. Visto isso, esperamos também momentos brilhantes e fofos como este que vimos na temporada passada:

– As aberturas de American Horror Story são bem produzidas, cheios de elementos da trama da temporada em questão e com takes assustadores. Há quem prefira vê-la uma vez ou duas e não mais que isso devido às suas características medonhas, e há quem goste de vê-la sempre, apreciando cada imagem do vídeo. Para Coven, a nova abertura focou nos elementos principais do enredo – as bruxas, os clãs praticantes de vodu, os sacrifícios e os rituais.
– Ryan Murphy, o próprio criador da série, afirmou que Coven é a sua preferida das três temporadas de American Horror Story. Então não vamos duvidar dele e vamos assistir né?

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui