Janela Internacional de Cinema do Recife terá mostra competitiva, cinema clássico e programação especial para cinéfilos

Desembarca no próximo dia 11 e vai até o dia 20 de outubro em Recife (PE) a sexta edição da Janela Internacional de Cinema do Recife. O festival terá pela primeira vez uma Mostra Competitiva de Longas-Metragens, exibindo nove filmes nacionais e estrangeiros – “Tatuagem” de Hilton Lacerda; “Depois da Chuva”, de Cláudio Marques e Marília Hughes; “O Lobo Atrás da Porta”, de Fernando Coimbra; “Avanti Popolo”, de Michael Wahrmann; “Gatinha Estranha”, de Ramon Zürcher; “O Ato de Matar”, de Joshua Oppenheimer; “Quando a Noite Cai em Bucareste”, de Corneliu Porumboiu; “Metalhead”, de Ragnar Bragason e “Um Estranho no Lago”, de Alain Guiraudie.
A Janela Internacional de Cinema do Recife traz também mais uma edição do “Clássicos do Janela”, exibindo filmes clássicos que marcaram a história do cinema. Os destaques ficam para as exibições de “O Bebê de Rosemary”, clássico do horror de Roman Polanski; “A Mosca”, de David Cronenberg, “Os Embalos de Sábado à Noite”, de John Badham e Metrópolis, de Fritz Lang em versão restaurada e com apresentação de música ao vivo dos argentinos Mudos Por El Celulóide.
O festival conta ainda com a participação do IndieLisboa, trazendo os destaques do cinema português, o Cinema de Desbunde, exibição de películas recomendadas para maiores de 18 anos, mostra de curtas-metragens, workshops, palestras e muitas outras atrações especiais.
Pra quem curte cinema e quer se sentir imerso nesse mundo, a Janela Internacional de Cinema do Recife é uma boa pedida para essa semana que está chegando. A programação completa pode ser encontrada na página oficial do evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui