RuPaul’s Drag Race tira do ar vinheta que ofendia transgêneros

O reality show RuPaul’s Drag Race, apresentado pela famosa drag queen RuPaul e que realiza uma competição para descobrir uma nova drag superstar, foi visto em meio a uma polêmica nas últimas semanas.
Tudo começou numa competição no terceiro episódio da sexta temporada, atualmente no ar, onde as participantes tinham de ver fotos de partes do corpo de celebridades e adivinhar se a pessoa era “woman” ou “shemale” (mulher ou transsexual). Campanhas foram feitas reclamando dos termos utilizados, justificando que as transsexuais apresentadas são mulheres e diferenciá-las na competição seria o mesmo que dizer que são diferentes, apresentando justificativas transfóbicas. Ex-participantes transsexuais, como Carmem Carrera, apoiaram o protesto.
As discussões sobre esse assunto acabaram chegando a vinheta que antecede a primeira aparição de RuPaul em cada episódio, quando a apresentadora manda uma mensagem para as participantes através de uma TV. A mensagem que diz “Ooh girl, you’ve got shemail” faz um trocadilho com a palavra “shemale”
Com os protestos, a equipe do programa anunciou que nos próximos episódios, a frase não será mais mencionada. Além disso, o canal Logo irá retirar os episódios de todas as plataformas, provavelmente para editá-los antes de colocar novamente no ar.
“Queríamos agradecer a comunidade por compartilhar suas preocupações em torno de uma discussão recente sobre o uso do termo ‘shemail’ no Drag Race. Além disso, estamos removendo a vinheta ‘You’ve got SheMail’ dos novos episódios da série”, anunciou a produção do RuPaul’s Drag Race, em sua página oficial no Facebook. “Nós não tínhamos a intenção de provocar qualquer ofensa, mas percebemos que era insensível. Pedimos sinceras desculpas”, conclui a mensagem.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui