Tudo o que rolou na festa de abertura da Copa no Brasil, muito criticada pela imprensa internacional

Aconteceu na tarde desta quinta-feira (12/06) a abertura da Copa do Mundo FIFA 2014, o maior evento de futebol que reúne os países que mais se destacam no esporte. Segundo o Brasil Post, a festa custou 18 milhões de reais, e a FIFA ainda garantiu que tudo saiu dos cofres públicos.

Sim, querido leitor. Foram 18 milhões de reais gastos dos impostos que nós pagamos, para uma apresentação de apenas 25 minutos, que teve mais pontos negativos do que positivos.
O que esteve em alta e o que esteve em baixa?
– O objetivo da apresentação de abertura seria destacar a cultura das diversas regiões do Brasil. Falou-se do olodum, do axé, da Amazônia, do frevo e da cultura pernambucana, mas esqueceu-se o samba de raiz. Seria uma maneira de mostrar que o Brasil tem muito mais além do samba, tão conhecido mundo afora?
– A tão aguardada e cogitada apresentação de Shakira, que deveria cantar “La La La (Brasil 2014”, não aconteceu. Aliás, a cantora nem chegou por aqui ainda. Fica a esperança de que ela se apresente na cerimônia de encerramento, em julho.
– A apresentação musical de destaque ficou por conta de “We Are One”, faixa cantada por Pitbull, Jennifer Lopez e Claudia Leitte. Em playback. PLAYBACK. Tudo gravadinho. 
Nem era playback…
Há quem diga, em defesa do trio Pitbull, Jennifer Lopez e Claudia Leitte que nem houve playback, e sim um delay na transmissão de áudio e vídeo. Mas, ao que parece, eles cantaram mesmo ao vivo, mas usando uma base pré-gravada, revelada com o tal delay.
Cadê Dilma, a presidenta?
– A presidente Dilma preferiu se esconder para evitar vaias, não fazendo nenhum pronunciamento antes do jogo de estreia. O mesmo aconteceu com o presidente da FIFA. Ambos assistiram a partida Brasil x Croácia em um cantinho bem discreto (e aconchegante, claro). Ah, vale salientar que sim, houveram vaias. Eles se esconderam mas fizeram o favor de anunciar a presença deles e… veja o vídeo com a reação do público:
Cadê Dilma, a presidenta? (2)
Dilma passou pelos bastidores e aproveitou até pra tirar uma foto com Jennifer Lopez.
As críticas da imprensa mundo afora
A imprensa internacional fez diversas críticas à cerimônia de abertura da Copa do Mundo no Brasil. O evento foi considerado uma “discreta cerimônia de inauguração” pelo jornal espanhol “Marca”, enquanto o francês Le Monde usa o título “A (muito curta) cerimônia de abertura do Mundial” para sua galeria de fotos da festa.
O italiano “La Gazzetta dello Sport” resumiu a abertura em “Amazônia, capoeira e J-Lo. E o show durou apenas 25 minutos”. Já o britânico The Guardian ironizou a performance da música “We Are One”, chamando Claudia Leitte de desconhecida. “A cantora americana (sic) Jennifer Lopez se apresentou com algumas outras pessoas, um deles aparentemente chamado de Pitbull”.

Público estrangeiro aprova Claudia Leitte

Se o The Guardian não sabe quem é Claudia Leitte e não tá nem aí pra ela, os estrangeiros que assistiram a apresentação pensam o contrário – no Twitter, o termo “that brazilian” (aquela brasileira) subiu para os trending topics logo após após a apresentação da cantora. A maioria dos comentários teciam elogios a beleza de Claudia Leitte, que superava a de Jennifer Lopez.

“Aquela superstar brasileira (…) é muito incrível. Temos que ficar de olho”, publicou um americano. “Aquela brasileira… meu senhor! Linda”, acrescentou outro. “Aquela brasileira faz a Jennifer Lopez passar vergonha”, disse mais um internauta estrangeiro na rede social.

Então é isso. #VaiTerCopa sim. E já começou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui