Público reclama da lentidão e horas na fila da pré-venda de ingressos da Janela Internacional de Cinema do Recife

A tarde desta quinta-feira (23/10) foi de muita insatisfação para o público da Janela Internacional de Cinema do Recife que decidiu comprar antecipadamente os ingressos. A sétima edição do evento abriu a pré-venda às 14h, como havia sido programado, já com um grande número de pessoas na fila. Porém, quem lá estava não viu a fila andar por cerca de duas horas após o início das vendas.

Vários problemas afetaram a venda antecipada dos ingressos para o festival, de porte internacional. A organização do evento relatou que houve um problema com a distribuição dos ingressos para a bilheteria, que não recebeu as meias-entradas, destinada aos estudantes, grande parte do público da Janela Internacional de Cinema do Recife. Assim, os ingressos do tipo inteira estavam sendo carimbados para serem vendidos como meia-entrada, o que atrasou o processo de vendas. Além disso, apenas uma bilheteria das duas disponíveis no Cinema São Luiz foi aberta, com apenas um caixa funcionando – a segunda só foi aberta após as 20h, seis horas após a abertura das vendas. Com um grande número de filmes – toda a programação estava em pré-venda – o atendimento de cada pessoa demorava.
Quem estava na fila, numa posição a vinte metros da bilheteria, só conseguiu chegar ao caixa para comprar os ingressos mais de seis horas depois. Na página da Janela Internacional de Cinema no Facebook o público reclama, com relatos de quem ficou mais de sete horas na fila para conseguir os seus ingressos para o prestigiado festival.
Além dos problemas de logística, a venda antecipada dos ingressos para as sessões de longas, curtas e das mostras clássicas e competitiva passou por dificuldades na organização. Várias pessoas estavam guardando lugar para amigos e conhecidos na fila, que eventualmente chegavam e entravam na frente de outras pessoas que já estavam lá há mais tempo, “furando” a fila. Mesmo com diversas reclamações do público, apenas por volta das 18h – quatro horas após a abertura da bilheteria – que a organização do evento resolveu colocar um segurança para fiscalizar a fila, bem como foi colocada uma corda para evitar que pessoas entrassem no meio dos que já estavam a espera do atendimento.
Em nota no Facebook e em material impresso disponibilizado na frente do Cinema do São Luiz, a Janela Internacional de Cinema do Recife explica que por motivos burocráticos, não podem efetuar a venda antecipada dos ingressos pela internet, o que os obriga que a venda seja exclusiva na bilheteria. Sobre as filas e a falta de respeito do público que constantemente passavam na frente dos que lá estavam, o Janela afirma que por seguranças pagos para organizar a fila não é uma ideia que os agrada, e que o público deveria respeitá-la.
Vale salientar que tais problemas burocráticos não isenta o festival que há sete anos cresce e vê problemas como estes aumentarem de tomar providências como as sugeridas pelo público que lá estava: modernizar a bilheteria, com sistema mais rápido e computadorizado ou de, no mínimo, abrir mais caixas em dias de grande movimentação, como é o caso da pré-venda de ingressos para a Janela Internacional de Cinema do Recife. Quanto àqueles que furam fila, também cabe à organização providenciar uma maneira de mantê-la em ordem, para o bem estar daqueles que entendem o conceito de fila, a respeitam, respeitam aos colegas que lá estão e que querem apreciar o momento emocionante e seleto que a curadoria da Janela Internacional de Cinema do Recife nos proporciona.
A Janela Internacional de Cinema do Recife tem início na noite desta sexta-feira (24), com a expectativa de mais um ano com recorde de público e com estes contando com a boa organização ao longo do festival.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui