Novo formato, “Super Séries” ganham espaço na TV explorando o tráfico de drogas

Chamadas de narco séries ou narco novelas, temática permeia o novo formato, que podem durar mais de 60 episódios por temporada.

Rafael Amaya estrela “El Señor de los Cielos”, super série sobre o maior traficante de drogas do México dos anos 90 (Divulgação/Telemundo)

Se no Brasil a telenovela é um dos mais famosos e lucrativos produtos televisivos, as séries e minisséries são o trunfo da TV americana. Mas um novo formato de dramaturgia vem ganhando cada vez mais espaço na televisão – as “super séries”.

Esta nova categoria de produção fictícia foi destacada como uma das tendências para a TV mundial por Virginia Mouseler, fundadora e diretora da WIT e palestrante na International Academy Day, evento anual promovido nesta semana no Rio de Janeiro pela Academia de Televisão, Artes e Ciências, que promove os prêmios Emmy e Emmy Internacional.

As super séries são produções que representam uma mistura de série e telenovela – podem ganhar mais de uma temporada, como as séries, porém com uma duração mais longa, semelhante as telenovelas. As tramas duram em média 60 capítulos por temporada.

As tramas podem ser diversas, mas a atual tendência é a exploração do tráfico de drogas como temática, referidas como “narco-novelas“.  As grandes apostas nesse formato ficam por conta da TV latina, que exibem com êxito produções como “La Reina Del Sur”, que chega ao Brasil no dia 27 de agosto pelo canal pago +Globosat, embora já esteja disponível no Netflix. Com o título adaptado “Rainha do Tráfico”, retrata a história de ascensão de Teresa Mendoza, uma jovem mexicana que se torna a mais poderosa traficante de drogas no sul da Espanha.

Kate Del Castillo é Tereza Mendoza em "La Reina del Sur", super série que estreia em agosto no +Globosat (Divulgação/Telemundo)
Kate Del Castillo é Tereza Mendoza em “La Reina del Sur”, super série que estreia em agosto no +Globosat (Divulgação/Telemundo)

Recém exibida também pelo +Globosat no Brasil, a série “Escobar – El Patrón Del Mal” é outra super série de sucesso. Retratando a história de Pablo Escobar desde sua infância até sua morte, passando pelas suas atividades no crime organizado e no tráfico de drogas, a produção colombiana da Caracol Television foi a mais assistida no ano de lançamento do serviço de streaming Globosat Play.

Um dos maiores sucessos da atualidade na TV latina e nos EUA é a super série “El Señor de los Cielos”, que narra a história de Aurélio Casillas, maior narcotraficante do México dos anos 90 e considerado o único capaz de destronar Pablo Escobar. A produção está em sua terceira temporada e já passa dos 200 episódios, sendo a primeira temporada disponível no Netflix. Outra narco série que pode ser vista pelo Netflix é “Camelia – La Texana”, que conta em 60 episódios a história de uma mulher que mata o amante e se torna uma grande contrabandista de drogas.

As super séries são formatos inovadores e vem ganhando o público televisivo nos últimos anos. A dúvida é se a ideia seguirá em frente explorando novas temáticas, mostrando que é uma tendência forte e inovadora, capaz de mudar a forma como se faz televisão.

2 COMENTÁRIOS

  1. Definitivamente…. a Malhação que é uma superserie….. Tá no ar há 22 anos e na sua 20 temporada…. Kkkk
    Super séries são bem conhecidas nos Estados Unidos, graças a “friend” da Globo, a Telemundo. Eles começaram a usar esse formato, que nada mais é que uma novela exibida por partes. Às vezes tem tantos capítulos quanto um novela, mas tem mais do que uma temporada. É o caso de El Señor de los Cielos (com 4 temporadas), Señora Acero (com 3) e outras que começaram a pouco tempo. São conhecidas como narconovelas também e fazem muito sucesso entre os latinos que moram por lá e já foram muito exportadas. É um formato inovador, que acredito ter bons resultados por sua qualidade, roteiro, trama, direção etc., afinal algumas séries como O Rebu e outras, que poderiam ter continuações, nunca foram projetadas para isso.

    O público prefere o termo novela das 23h ou telenovelas que desde que começou estam sendo as melhores ou não conforme a qualidade da trama, diretores, roteiros e não o ibope!!!
    E não gostei desse novo termo “Supersérie”. Estão querendo é inventar moda um nome novo até porque já existe minissérie, série e seriado que são os termos certo para cada formato só mudaram o nome mais vai continuar sendo uma novela das 11 que é meio tosco e desnecessário isso.
    Na melhor das definições seria uma macrossérie! O que é uma macrossérie? Macrossérie tem vários capítulos, mas apenas uma temporada. E a Crítica de Televisão já está classificando O Astro como uma novela pela longa duração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui