Oscar 2016: Leonardo DiCaprio ganha a estatueta, mas Brasil fica de fora. Veja os vencedores

Leia também:

‘Projeto Gemini’ e ‘Morto Não Fala’ são as estreias da semana nos cinemas

As estreias desta semana nos cinemas trazem filmes para todos os gostos. "Projeto Gemini", o ousado filme do cineasta...

Cinema da UFPE é a nova opção para os cinéfilos pernambucanos

O Cinema da UFPE, nova sala de exibição no Recife, será inaugurado nesta quarta-feira (09). O evento acontece às...

Sem apoio de editais, Janela de Cinema recorre ao público para acontecer

Um dos maiores festivais de cinema de Pernambuco, o Janela Internacional de Cinema do Recife recorre neste ano ao...
Paulo Cavalcante
Paulo Cavalcantehttp://www.cafedeideias.com
Professor, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a sétima arte e a dramaturgia para as diferentes telas.

Elenco e equipe de "Spotlight" recebe o prêmio de Melhor Filme no Oscar 2016 (Reprodução/Academy Awards)
Elenco e equipe de “Spotlight” recebe o prêmio de Melhor Filme no Oscar 2016 (Reprodução/Academy Awards)

Aconteceu na noite deste domingo (28/02) a 88ª cerimônia do Academy Awards, mais conhecida como Oscar. A premiação seleciona anualmente os melhores do cinema Hollywoodiano e estrangeiro. A cerimônia do Oscar 2016 foi apresentada por Chris Rock, comediante que fez duras críticas direcionadas a academia no monólogo de abertura e nas suas aparições entre as entregas dos prêmios. Este ano, o filme mais indicado foi “O Regresso”, estrelado por Leonardo DiCaprio e dirigido por Alejandro Gonzalez Iñarritu, mas quem saiu vitorioso mesmo na quantidade de estatuetas foi “Mad Max – Estrada da Fúria”, de George Miller, que ganhou seis Oscar.

Leonardo DiCaprio finalmente levou o primeiro Oscar de sua carreira pela atuação em “O Regresso”, assim como o diretor Iñarritu levou o prêmio por seu trabalho no longa. O prêmio principal, de melhor filme, ficou para “Spotlight – Segredos Revelados”, que faz duras críticas a Igreja Católica.

- Publicidade -

Na categoria e Melhor Atriz, Brie Larson levou o prêmio por sua atuação em “O Quarto de Jack”. O prêmio de Melhor Ator Coadjuvante, que era esperado que fosse para Sylvester Stallone, acabou ficando para Mark Rylance de “Ponte dos Espiões”. O mesmo aconteceu na categoria de Melhor Canção Original, que esperava-se a vitória de Lady Gaga, mas quem levou foi Sam Smith com a música “Writing’s on the Wall”, tema de “007 contra Spectre”.

Indicado na categoria de Melhor Animação, o filme brasileiro “O Menino e o Mundo” acabou perdendo a estatueta, que entregue a Disney Pixar por “Divertida Mente”.

Confira a lista completa dos vencedores:

Melhor filme – “Spotlight: Segredos revelados”

Melhor ator – Leonardo DiCaprio (“O regresso”)

Melhor atriz – Brie Larson (“O quarto de Jack”)

Melhor diretor – Alejandro G. Iñárritu (“O regresso”)

Melhor canção original – “Writing’s on the wall”, Sam Smith (“007 contra Spectre”)

Melhor trilha sonora – “Os 8 odiados”

Melhor filme estrangeiro – “O filho de Saul” (Hungria)

Melhor curta de live action – “Stutterer”

Melhor documentário – “Amy”

Melhor documentário de curta-metragem – “A Girl in the River: The Price of forgiveness”

Melhor ator coadjuvante – Mark Rylance (“Ponte dos espiões”)

Melhor animação – “Divertida mente”

Melhor curta de animação – “Bear Story”

Melhores efeitos visuais – “Ex Machina”

Melhor mixagem de som – “Mad Max: Estrada da fúria”

Melhor edição de som – “Mad Max: Estrada da fúria”

Melhor montagem – “Mad Max: Estrada da fúria”

Melhor fotografia – “O regresso”

Melhor cabelo e maquiagem – “Mad Max: Estrada da fúria”

Melhor design de produção – “Mad Max: Estrada da fúria”

Melhor figurino – “Mad Max: Estrada da fúria”

Melhor atriz coadjuvante – Alicia Vikander (“A garota dinamarquesa”)

Melhor roteiro adaptado – “A grande aposta”

Melhor roteiro original – “Spotlight – Segredos revelados”

- Publicidade -
- Relacionados -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -

Últimos destaques:

Azougue Nazaré | Crítica

Uma terra com uma vasta variedade de culturas que culminam em diferentes religiões, o Brasil vem perdendo suas raízes...

As Panteras | Crítica

Hollywood fez mais uma vítima na sua não tão nova moda de reciclar franquias - a saudosa série As Panteras ("Charlie's Angels") ganhou uma...

Ford vs Ferrari | Crítica

A principal lição que se pode tirar do novo filme de James Mangold, é que não há nada que não fique 100% melhor com a...

Dora e a Cidade Perdida | Crítica

  A adaptação do desenho interativo Dora, a Aventureira, exibido no começo dos anos 2000 pelo canal Nickelodeon poderia ter seguido um caminho bem diferente e...

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio | Crítica

Apostar em mais um capítulo da franquia Exterminador do Futuro é uma atividade que tem se mostrado perigosa nos últimos anos, que o diga Emilia Clarke...
- Filmes recomendados -


More Articles Like This

- Publicidade -