- Publicidade -

10 fatos que fizeram de Harry Potter uma saga de sucesso

Listamos 10 fatos que fizeram a saga conquistar milhões de fãs ao redor do mundo e manter a febre viva para o lançamento de "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada".

Sucesso literário e cinematográfico, Harry Potter conquistou uma legião de fãs no mundo todo (Divulgação/Warner Bros.)
Sucesso literário e cinematográfico, Harry Potter conquistou uma legião de fãs no mundo todo (Divulgação/Warner Bros.)

- PUBLICIDADE -

Dos livros para os cinemas, dos cinemas para o teatro. Harry Potter se tornou uma saga de sucesso graças ao talento da visionária escritora J. K. Rowling e do gigantesco número de fãs que ela conquistou com sua trama.

Neste dia 31 de julho, o bruxo mais querido de uma geração e a escritora mais bem sucedida da última década – Harry Potter e Rowling – fazem aniversário e nós do Café de Ideias separamos dez fatos que fizeram da saga um grande sucesso. Confira:

- Advertisement -

Saga "Harry Potter" teve início nos livros escritos por J. K. Rowling (Fotos: Divulgação)
Saga “Harry Potter” teve início nos livros escritos por J. K. Rowling (Fotos: Divulgação)

1. A história faz jus aos seu sucesso

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

É quase impossível ter nascido depois dos anos 90 e não ter ouvido falar de Harry Potter. Há toda uma geração que cresceu lendo os livros e conferindo os filmes e até aqueles que nunca passaram a vista na saga, certamente já ouviram falar – muito bem! – da história criada por J. K. Rowling. Os livros, que seriam voltados para o público infanto-juvenil, acabou tornando-se um best seller apreciado por todas as idades. A história não precisa agradar a gêneros com muita ação ou com muito romance – Harry Potter apresenta um universo mágico que faz de cada livro uma trama épica, com finais bem amarrados e que deixa a todos satisfeitos (mesmo que aquele personagem querido acabe morto).

2. O leitor é mais um no meio de um grande fenômeno

Quem começa a ler Harry Potter já deve saber que será só mais um no meio de uma grande legião de leitores. Os livros da saga foram traduzidos para 73 idiomas (sim, existo isso tudo!) e já contava vendas de 450 milhões de cópias até meados de 2015.

3. Os Potterheads mantêm a lenda viva

Você começou a ler os livros do Harry Potter e mais do que um leitor, virou um grande fã, daqueles nível hard, que consome tudo relacionado ao universo do bruxo e faz grandes amizades com outros fãs. Olha só, você ganhou um título – “Potterheads” é como se chama o fandom da saga de J. K. Rowling. Mesmo quase dez anos após o fim da saga (acabou mesmo?), os Potterheads ainda permanecem sendo grandes fãs, promovendo encontros e discutindo teorias sobre as histórias publicadas no Pottermore.

Fãs de Harry Potter se reúnem a espera do oitavo livro da saga em livraria portuguesa (Foto: Estela Silva/SIC)
Fãs de Harry Potter se reúnem a espera do oitavo livro da saga em livraria portuguesa (Foto: Estela Silva/SIC)

4. Ensinamentos pra vida

Todo fã de Harry Potter aproveitou cada ensinamento trazido nos livros. A trama é inspiradora para crianças e jovens, o que torna da saga não só um empreendimento e um produto do capitalismo, mas também um entretenimento que mexe com a vida das pessoas de forma benéfica. Conceitos de amizade, família e combate ao preconceito são alguns dos temas que são discutidos entre as linhas dos livros, fazendo da magia apenas um pano de fundo para assuntos mais importantes para a sociedade.

5. Incentiva a leitura

J. K. Rowling fez de Harry Potter uma saga literária de fácil compreensão, com uma leitura fluida, mesmo com a riqueza de detalhes que o texto proporciona. Isso fez (e faz) com que muita gente começasse a gostar de ler a partir do primeiro contato com a saga do bruxo em Hogwarts. Quem nunca começou o livro e fez de tudo pra não parar até chegar no final?

6. Harry Potter e o capitalismo do bem

A autora da saga, J. K. Rowling, está sempre envolvida em projetos sociais. Ela foi a primeira pessoa a se tornar bilionária apenas escrevendo livros e não guarda sua grana só para si. Rowling tem seu nome envolvida em diversas campanhas e já doou mais 50 milhões de dólares para a caridade.

7. Ame ou odeie

São sete livros e dezenas de personagens. Embarcar nesse mundo é um tanto fácil, difícil mesmo é sair, principalmente quando você se depara com um universo repleto de personagens que você vai se apaixonar, vai criar um vínculo, e outros que você (amar) odiar. Desde o herói Harry Potter, passando pelos inteligentes Hermione e Dumbledore, a doce Gina, a pirada Luna e até o maldoso Draco, você certamente chegará ao fim da saga morrendo de saudades das aventuras que vivenciou com cada um deles durante a leitura.

Obra literária "O Livro das Criaturas de Harry Potter" apresenta as criaturas mitológicas do universo do bruxo (Foto: Entrelinhas Fantásticas)
Obra literária “O Livro das Criaturas de Harry Potter” apresenta as criaturas mitológicas do universo do bruxo (Foto: Entrelinhas Fantásticas)

8. O universo e sua mitologia

Ao criar o universo de Harry Potter e suas criaturas, J. K. Rowling teve grandes inspirações na mitologia nórdica e no folclore da Europa. Vários livros foram lançados além da saga que explicam a origem da mitologia e das criaturas vistas na saga, seja na literatura ou no cinemas.

9. Reconhecimento cinematográfico

Harry Potter pode nunca ter levado um Oscar (fato que já rendeu uma reclamação do The New York Times) mas os filmes são bem reconhecidos – a saga nas telonas levou o BAFTA de Contribuição para o Cinema Britânico e os filmes continuam rendendo muita grana para a Warner, que produziu e distribuiu a saga nos cinemas (e em outras mídias como VHS, DVD, Blu-Ray e mídia digital). Na TV, Harry Potter ainda é uma aposta na briga pela audiência. No SBT, por exemplo, as exibições dos filmes do bruxo sempre garantem bons índices.

10. A saga continua

Quem pensava que Harry Potter acabava após os sete livros, estava enganado. De lá pra cá, tramas paralelas e mais informaçõe sobre o universo criado por J. K. Rowling ganharam continuidade no site Pottermore; a Warner e J. K. Rowling se juntaram para produzir três filmes que adaptam para os cinemas o livro “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, derivado da saga; a autora criou uma continuação para saga que está sendo levada para os teatros britãnicos e o roteiro foi lançado para o público no formato de livro – “Harry Potter and the Cursed Chield” chegou as lojas brasileiras neste dia 31 de julho e a versão traduzida, “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada” deve ser lançada pela Editora Rocco no país no dia 31 de outubro.

- PUBLICIDADE -
Paulo Cavalcante
Paulo Cavalcantehttp://www.cafedeideias.com
Professor, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a sétima arte e a dramaturgia para as diferentes telas.
Leia mais em:

Conteúdo relacionado:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here