Papo Seriado – Ep. 04 – Preciso falar de Spoiler

Em tradução literal: estragar. Pessoas que soltam spoilers são os nossos “estraga-prazeres”. Será?

papo 3d

Sempre passo um bom tempo pensando no que vou falar aqui. Obviamente, quando alguém pede um assunto específico, como no Papo Seriado – Ep. 03 – Top5: Princesas Disney, é bem mais fácil. Sempre tive grandes problemas com começos e escolhas. Na época de colégio, quando os professores de redação diziam “tema livre” todos vibravam. Eu me desesperava. Perdia mais tempo tentando encontrar um tema do que na redação propriamente dita. Hoje, excepcionalmente, escolher o tema foi fácil. Sempre gostei de defender pontos de vista e, vejam só: (tandandandan é pra imaginar a musiquinha mesmo!) eu amo spoiler! Haha

Imagem retirada do Google
Imagem retirada do Google

Spoiler é quando algum site ou alguém revela fatos a respeito do conteúdo de determinado livro, filme, série ou jogo. O termo vem do inglês, mais precisamente está relacionado ao verbo “To Spoil”, que significa estragar. Numa tradução livre, spoiler faz referência ao famoso termo “estraga-prazeres”. – TecMundo

Mas como assim alguém pode amar spoilers?! Ué, eu amo! Não tenho nenhum problema com eles e, na verdade, fico muito feliz quando alguém me solta algum. Spoilers já me fizeram ver muitas séries. Acho que, nesse ponto, o problema sou eu mesma =X

(Reprodução/RedeGlobo)
(Reprodução/RedeGlobo)

Quando alguma coisa me irrita muito no encaminhamento de um episódio ou temporada ou capítulo eu simplesmente paro de ver/ler. Ué, de coisa que a gente discorda e não pode fazer nada já tem a vida, oras! Hahahaha Tá, não é bem assim, mas eu realmente não ligo pra spoilers.

Por exemplo, se alguém tivesse me dito que Alaska morre em “Quem é você Alaska?” eu provavelmente nem teria gasto meu dinheiro comprando. Se ninguém tivesse me dito que Chuck e Blair são muito melhores que Blair e Nate eu provavelmente teria parado. A verdade é que muitas vezes foram os spoilers que me fizeram devorar o que quer que fosse. Aqui, preciso – de novo (a primeira vez foi no Papo Seriado – Ep. 01) – citar Lisbela e o Prisioneiro:

A graça não é saber o que acontece. É saber como acontece. E quando acontece. A gente vai conhecer um monte de pessoas novas… um monte de problemas que a gente não pode resolver, que só eles podem.

Acho que esse trecho me representa demais! Alguém, por acaso, já deixou de ver Romeu e Julieta porque sabe que eles morrem no final?

(Reprodução/ABC)
(Reprodução/ABC)

Deixou de ver Titanic por saber que Jack morre? Realmente não consigo enxergar os spoilers como esse “estraga-prazeres” todo, sabe? Na verdade, acho que alguns spoilers teriam me preparado bastante em Grey’s Anatomy, por exemplo.

Agora (como eu não quero morrer), é claro que não quero fazer uma apologia aos Spoilers, nada disso. Sempre respeito meus amigos que não curtem, mesmo que a vontade de dizer corroa a alma! Acho que cabe a cada um decidir se quer – ou não – saber antes o que vai acontecer, só não consigo entender o porquê de tanto problema com quem gosta – e aqui me desculpem por isso.

E, sobre esse assunto, acho que um dos vídeos mais bacanas é o de House Of Cards:

E aí começo a perguntar: Spoiler tem prazo de validade? Quando um spoiler é bom e quando ele é ruim? Friends acabou em 2004, se eu disser que Rachel e Ross terminam juntos isso ainda é spoiler? Então, ser ou não spoiler (ou como é dito no vídeo, o spoiler babaca x o inevitável) é definido pelo tempo desde que passou/saiu o episódio/livro? Mas e se só agora alguém quiser começar a ver Friends? Então essa pessoa não pode reclamar de spoiler? But why?! O direito não é o mesmo? E tempo é uma coisa relativa também…

Além disso, e nas séries baseadas em fatos reais?! Reign, por exemplo, é baseada na vida de Mary Stuart, Rainha da Escócia, e retrata fielmente a vida dela – muito embora não dê pra notar, no seriado, a pouca idade que Maria tem. Logo, seria a história toda um spoiler?! Porque qualquer pessoa que tenha estudado a vida dela sabe que Francis morre antes mesmo de dar um filho a ela. Então qual o parâmetro para se considerar algo um spoiler?

Enfim, sei que hoje fiz mais questionamentos do que qualquer outra coisa, mas aguardo *ansiosa* pelas respostas de vocês. Me ajudem a entender! Haha

No mais, espero vocês no nosso Papo Seriado – Ep. 05,

XOXO

Ps.: Viram como respeitei os spoilers direitinho? =D

 

10 COMENTÁRIOS

  1. Falar de spoiler é difícil demais… tem alguns que estragam a série ou filme pra mim e outros que, como tu disse, até me motivam a assistir. O ruim é que não dá pra saber em qual categoria o spoiler vai cair sem que eu ouça ele antes. Mas vamos combinar que tem uns que super estragam a emoção de ir acompanhando semana a semana o desenrolar da trama né? O que seria de HTGAWM se eu visse a season 1 sabendo de tudo que ia rolar? Aaaaaa

    • Sim, é complicado mesmo. Confesso que não lembro de cabeça algum que tenha me feito parar de assistir algo, muito pelo contrário. E eu discordo quanto a HTGAWM, sabia? Preferia saber tudo desde o início, gosto muito da tensão toda não hahahaha

  2. Lari,

    ótimo texto! Gosto de spoiler tb , não sempre , mas gosto. Como vc mesma mencionou “o que importa é a jornada ,e não o ponto de chegada.” Até pq o ponto final ,na maioria dos casos, são óbvios; a estrada é que pode ser instigante.

    Bjs

  3. Texto muito bom, realmente é bem polêmico isso e me faço os mesmos questionamentos quanto ao tempo do spoliers, kkkkkkk ! Se tem prazo de validade ? /pensa. Eu não sou muito fã quando entrega (por exemplo) quem vai sair em um episódio de Survivor, kakaka ou coisinhas de realitys! Mais alguns acontecimentos das séries eu até admito.
    Mas eu acredito que tem gente que gosta de sentir a emoção de assistir “sem saber o que vai acontecer” e ter aquela surpresa, já existe pessoas que não se importa e até sente a mesma coisa. Isso é uma discussão complexa, rsrs ! Esse texto é realmente para se entrar nessa dicussão.
    Ah, e eu também já comecei a ver uma série por conta de spolier.

    • Pois é, como seria contado o prazo de validade?! Acho que no caso de reality a dinâmica é diferente, sabe? Eu acho que até eu teria esse problema, a menos que eu descobrisse que eu torcia pra o vencedor hahaha Mas em série eu gosto demais! Sim, é uma discussão que merece ser aprofundada mas, confesso, ainda não encontrei uma resposta melhor. hahaha

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui