Batman: Tom Hardy fala dos maus bocados que passou em ‘O Cavaleiro das Trevas Ressurge’

Em entrevista, ator que interpretou o temido vilão Bane num dos filmes do Batman de Christopher Nolan comentou que mudanças físicas comprometeram sua saúde.

Tom Hardy em "A Origem" e em "Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge" (Reprodução/Warner Bros.)
Tom Hardy em “A Origem” e em “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (Reprodução/Warner Bros.)

Depois de trilhar uma carreira de consecutivos sucessos como em”Batman: O Cavaleiro das trevas Ressurge”, “Mad Max: Estrada da Fúria” e “O Regresso”, Tom Hardy se prepara para viver Al Capone no novo longa “Fonzo”. Em turnê para divulgar “Taboo – a nova série da qual é protagonista – o ator contou que será mais prudente na hora de aceitar fazer grandes transformações físicas para viver personagens no cinema.

“Esse não é o clássico Al Capone que você necessariamente projeta pela silhueta”, respondeu, quando perguntado pelo The Daily Beast sobre o seu novo papel nos cinemas. “Eu não quero entregar muita coisa sobre, mas, definitivamente, haverá uma transformação para esse papel”.

Tom Hardy, no entanto, fez ressalvas. “Não sei se será tão drástico quanto Bane. Eu, provavelmente, provoquei muitos danos no meu corpo. Eu sou pequeno! Se eu continuar ganhando peso, entrarei em colapso como um castelo de cartas sob muita pressão”, afirmou o ator, que mudou de um corpo mais magro e atlético em 2011 quando fez “Guerreiro” (Warrior) para um físico extremamente musculoso como o vilão Bane em “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”.

“Eu acho que você paga o preço com qualquer mudança física drástica. Quando eu era mais novo era mais tranquilo me colocar sob este tipo de desafio, mas acho que quando você vai chegando aos 40 você precisa prestar mais atenção aos treinos, ao ganho de peso e depois não pode manter o por estar ocupado demais filmando, então seu corpo fica nadando em duas direções diferentes ao mesmo tempo. E depois, após o filme você está cansado e precisa mudar o seu corpo de novo e voltar ao normal para o próximo filme”, contou o astro de Mad Max: Estrada da Fúria. “Ir de um extremo ao outro tem um custo. Eu não danifiquei tanto meu corpo, mas acho que hoje sou um pouco mais curvado do que costumava ser. Comparado a Christian Bale, eu não cheguei perto de ir a extremos com mudanças corporais, mas eu o fiz um pouco. Eu certamente tenho estalos em juntas que não deveriam estalar, sabe? E carregar meus filhos é um pouco mais difícil do que costumava ser – mas não conte isso a eles!”.

Antes de viver Al Capone nos cinemas, Tom Hardy retorna às telonas no novo filme Christopher Nolan, “Dunkirk”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui