Início Colunas Papo Seriado - Ep. 13 - Top5 Séries Jurídicas

Papo Seriado – Ep. 13 – Top5 Séries Jurídicas

No nosso novo Top5 o tema é aquilo que escolhi para a vida: Direito. Vale a pena dar uma olhada nessas séries jurídicas daqui. E aí, #partiutribunal?

Top5: Séries Jurídicas
Top5: Séries Jurídicas

Hello, mái pipow!!! Caramba! Vocês não tem noção do que é uma semana corrida! Sério! Com a formatura chegando tou com muita, muita, muita, coisa mas, obviamente, não o suficiente para me afastar de vocês, que eu já amo tanto, e desse nosso espacinho. Então, meio nesse clima de Formatura em Direito, me lembrei de uma sugestão que meu Editor lindo me deu há um tempo. Assim, hoje teremos nosso Top5: Séries Jurídicas! Let’s go?!

Primeiro, queria relembrar meus tempos como monitora de Direito Civil I (melhor cadeira do curso de direito!) e explicar uma coisinha rápida a quem não é do direito. O Brasil tem um sistema jurídico conhecido por “Romano-Germânico” (ou Civil Law), por evidente, tem influência Romana-Alemã, e é um direito mais baseado na própria legislação mesmo, ou seja, a maior “força” do nosso processo tá nas leis; em contraposição, o sistema americano e inglês é conhecido por Common Law, e se diferencia do nosso por ser, principalmente, baseado em julgados anteriores. Essa diferença, basicamente significa que quando, no Brasil, se tá numa audiência, cita-se lei; nos EUA, um caso anterior.

Tá, mas porque eu tou aqui falando disso? Porque as séries do Top5 são todas americanas e, portanto, não reproduzem o Direito brasileiro. Então, a menos que seja Tribunal do Júri, não se iludam com aquelas audiências em salões enooooormes, com juizes com tanta pompa e advogados quase teatrais.

Dito isso, vamos ao nosso Top5:

5 – Franklin & Bash* – TNT

(Reprodução/TNT)
(Reprodução/TNT)

O que dizer de Franklin & Bash? Oras! Pra mim, nunca passou de mais um daqueles pastelões americanos, sabem? Era uma série legal, divertida, mas que eu nunca consegui enxergar num cenário real. E por que isso, Lari? Gente, cês imaginam dois marmanjos entrando com as mais diversas fantasias e bichos no meio de um TRIBUNAL?! Então, né? Não posso dizer que não gostava, muito embora nunca tenha tido paciência para acompanhar direitinho, mas também sempre achei meio exagerada… Enfim, como pastelão americano, é muito boa.

4 – Law & Order* – NBC

(Divulgação/NBC)A professora de quem fui monitora começou a primeira aula que me deu, lááááá em 2012.2, indagando se alguém conhecia Law & Order e daí falando que era um Direito bem diferente do nosso, como expliquei ali em cima. A série original já foi finalizada e hoje temos 3 Spin-off’s finalizados e SVU (Unidade de Vítimas Especiais) rolando. O que eu sempre curti em Law & Order foi que eles simplesmente não jogavam(am) o caso no tribunal, mas mostravam(am) toda a história, a tentativa de obtenção de provas, eventuais problemas que pudessem ocasionar uma soltura, enfim… Foi minha primeira série jurídica querida – muito embora, alguns sites não a citem no rol de jurídicas.

3 – Suits – USA Network

(Reprodução/USA Network)
(Reprodução/USA Network)

O que falar da relação Mike-Harvey?! Os dois, sozinhos, já dominam a série e fazem dela espetacular de se ver; mas porque então ela não está no topo da lista? (Ora, mores, primeiro lugar: Viola Davis) Suits mostra um outro lado da moeda do direito, não aquele necessariamente baseado no direito em si, mas um direito em que os processos são ganhos por motivos indiretos, chantagem, armações e coisas afins… Então, se eu no auge da minha inocência, aos 19 anos, entrei numa faculdade de Direito com a esperança de deixar o mundo um lugar melhor, como poderia concordar com isso?! Muito embora deva dizer que nosso judiciário é um tanto quando corrompido… Mesmo assim, não há como negar a genialidade dos dois e a magia que eles trazem à tela.

2 – The Good Wife* – CBS

(Reprodução/CBS)
(Reprodução/CBS)

Foi uma série que assim que vi o primeiro episódio devorei as 4 temporadas em pouquíssimo tempo! A força de uma mulher como Alicia Florrick após a exposição que ela sofre por causa do marido é genial, e os jogos de cena em TGW são sensacionais. Lembro de Ju, quando eu ainda estagiava na Celpe, falando de como geniais são as cenas de elevador, já pararam para observar?! Além disso, eles puxam muito mais para o jogo do tribunal em si o que, particularmente, me deixa encantada. De bônus, é uma série com grandes mulheres fortes e, em tempos em que precisamos cada vez mais nos empoderar, é uma excelente pedida. Vale lembrar do Spin-Off, que falei aqui.

1 – How To Get Away With Murder – ABC

(Reprodução/ABC)

Viola Davis. Nem precisaria me prolongar mais aqui depois disso, né? Mas vamos lá… HTGAWM é a série que quando qualquer estudante de direito assiste pensa: “Nossa, queria uma professora de penal assim!” Por muitas vezes, Annalise parece não ter muitos escrúpulos, é  verdade, mas cara, não dá pra não amar a interpretação que Viola faz dela. Inobstante, o seleto grupo de alunos que estagia com Annalise é composto por: Um negro, um homossexual, uma latina, uma negra e um riquinho problemático, GEEEEEEEEEEEEEEEEENTE, cês notam que a representatividade aplaude isso de pé, né? Não tinha como HTGAWM não ficar em primeiro, tinha?

Então, é isso, agora contem-me qual dessas vocês assistem, qual gostam mais e os porquês! Essa postagem vai com um beijo especial para os meus amigos do meio jurídico!

Vejo vocês na próxima semana!

Xoxo.

Ps.: As séries marcadas com * já foram finalizadas.

- Publicidade -
Larissa Ramos
Larissa Ramos
Bacharela em Direito, advogada e concurseira, apaixonada por séries, filmes, livros e música. Sonha com a chance de viver como atriz e se derrete com histórias de amor. Seu grande ícone é Audrey Hepburn.

4 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de não ser advogado e nem ser estudante de direito, convivo no meio jurídico, e sou apaixonado por séries estás que tratam de justiça então me prendem de certa forma que não consigo parar de assistir. Das mencionadas acima algumas já comecei a assistir outras tenho enorme interesse, a partir desta matéria. Excelente post.

    • Wagner, que coisa maravilhosa! Fico muito feliz com seu comentário! O mundo jurídico tem muita coisa boa, nos oferece a chance de mudar o mundo… Apareça mais vezes, será um prazer!!! Ah… e depois me conta se gostou das novas! 😉

  2. Amooooooooooo series de tribunal ‘ <3
    Law and Order SVU <3 <3 <3 Amor para vida toda, kkkkk ' serio, ah melhor serie tribunal do mundo ' siiim, claro, Viola é Viola, rsrsr'.

    Para mim, ficaria (não nessa ordem):
    Law and Order SVU
    HTGAWM
    Drop Dead Diva <3
    The Good Wife
    E a mais recente e queridíssima Scandal (que mostra o outro lado dos tribunais, né?! rs)

    Ameeeeei esse episódio (tema)!!!!!

    • Eu também, só não amo mais que as séries médicas… Irônico, né? Lw and Order é muito bom mesmo… e até curto drop dead diva, mas naõ entraria no meu Top5…
      Scandal tá na minha lista para ver.. qualquer dia crio coragem. Prometo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas do site



Mais lidas