- Publicidade -

‘Quatro Vidas de um Cachorro’ pode sofrer boicote após maus tratos a cães

Diretor e produtoras do filme se pronunciaram sobre o vídeo divulgado pelo TMZ que mostra pastor-alemão se afogando em gravações de Quatro Vidas de um Cachorro.

Vídeo denuncia maus tratos em gravação do longa "Quatro Vidas de um Cachorro" (Foto: Reprodução/TMZ)
Vídeo denuncia maus tratos em gravação do longa “Quatro Vidas de um Cachorro” (Foto: Reprodução/TMZ)

- PUBLICIDADE -

A internet parou nesta quinta-feira (19) com a denúncia do site americano de fofocas TMZ sobre os maus tratos sofridos por um cão da raça pastor-alemão nos sets de filmagem do longa Quatro Vidas de um Cachorro. A publicação divulgou um vídeo que mostra o cachorro sendo obrigado a entrar numa correnteza artificial de água e quase se afogando, até que os seus treinadores intervém.

Um grupo de proteção dos animais, o PETA (People For the Ethical Treatment of Animals) publicou uma carta aberta em que pede que os espectadores boicotem o filme, que tem data de estreia marcada para o dia 27 de janeiro nos EUA e um dia antes no Brasil.

- Advertisement -

Confira o vídeo:

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 

O vídeo foi gravado de forma secreta no Canadá em novembro de 2015, quando aconteciam refilmagens do longa. Na cena em questão, um cachorro deve salvar uma criança que está se afogando, mas ao que parece, o cão que acabou se afogando durante a gravação. Antes disso, é possível ver que o animal não queria entrar na água, e acabou sendo forçado por um integrante da equipe de filmagens.

“Fontes em contato com a produção nos disseram que 8 motores submersos foram usados para criar a correnteza da água e recriar um rio”, explicou o TMZ, sobre o episódio. “O cachorro eventualmente entrou na água, ou foi forçado a entrar, mas rapidamente se afogou… Disseram que Lasse Hallstrom estava presente o tempo todo e pelo menos um membro da equipe ficou totalmente perturbado pelo tratamento que o cachorro recebeu durante a cena”, continuou a publicação, referindo-se ao diretor, que em seu Twitter, negou estar presente durante o acontecimento.

 


“Estou muito perturbado pelo vídeo divulgado hoje do meu filme, ‘Quatro Vidas de Um Cachorro'”, disse o diretor em seu Twitter. “Eu não testemunhei essas ações. Todos estávamos comprometidos em oferecer um ambiente carinhoso e seguro para todos os animais do filme”.

Produtoras de “Quatro Vidas de um Cachorro”, a Amblin Partners e a Universal Pictures enviaram um comunicado oficial à imprensa sobre o fato: “prover um ambiente seguro e assegurar um tratamento ético aos nossos animais foi de extrema importância para os envolvidos em realizar esse filme e nós iremos analisar as circunstâncias do vídeo”.

Com direção de Lasse Hallstrom (“Um Porto Seguro”), o longa acompanha as quatro vidas de Bailey e a busca pelos motivos de continuar voltando à Terra quando sua jornada nela acaba. Quatro Vidas de um Cachorro estreia no Brasil no dia 26 de janeiro com Bradley Cooper, Britt Robertson, Josh Gad, Dennis Quaid e grande elenco.

Assista ao trailer:

- PUBLICIDADE -
Paulo Cavalcante
Paulo Cavalcantehttp://www.cafedeideias.com
Professor, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a sétima arte e a dramaturgia para as diferentes telas.
Leia mais em:

Conteúdo relacionado:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here