BAFTA 2017: os vencedores e o triunfo de ‘La La Land’

Viola Davis se mantém invencível nas premiações deste ano e vence também o BAFTA; "Eu, Daniel Blake" foi escolhido o melhor filme britânico.

Emma Stone e Damien Chazelle venceram suas categorias no BAFTA 2017 (Divulgação/AP)
Emma Stone e Damien Chazelle venceram suas categorias no BAFTA 2017 (Divulgação/AP)

O longa La La Land: Cantando Estações se consagrou o grande vencedor do BAFTA 2017, prêmio concedido pela British Academy of Film and Television Arts neste domingo (12). Indicado em dez categorias, o filme dirigido por Damien Chazelle venceu em cinco categorias, incluindo melhor direção, melhor filme e melhor atriz (Emma Stone).

O filme Eu, Daniel Blake, do cineasta Ken Loach, venceu a categoria de Melhor Filme Britânico. A produção conta as dificuldades impostas pelo governo britânico para conceder uma aposentadoria a um senhor doente e um auxílio financeiro a uma mãe desempregada.

Na categoria de Melhor Ator, Casey Affleck recebeu o prêmio pela sua atuação no filme Manchester à Beira-Mar. Viola Davis se mantém invencível nas premiações recebendo prêmio por todas as suas indicações referentes a atuação no filme “Um Limite entre Nós”. Após vencer o Globo de Ouro e o SAG Awards, Viola recebeu do BAFTA o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante, restando-lhe agora ganhar o Oscar na mesma categoria.

O longa “Lion” recebeu dois prêmios BAFTA – melhor ator coadjuvante pela atuação de Dev Patel e melhor roteiro adaptado. Já o prêmio de melhor roteiro original ficou para Manchester à Beira-Mar. Indo contra as premiações que já aconteceram, que consagraram “Zootopia” como a melhor animação do ano que passou, a academia britânica preferiu entregar o prêmio para o longa em stop-motion “Kubo e as Cordas Mágicas”, do estúdio Laika.

Além dos artistas envolvidos com o cinema e aos filmes indicados, os duques de Cambridge William e Kate Middleton também deram as caras na cerimônia do BAFTA 2017.

Who: The Duchess of Cambridge Kate Middleton Wearing: Alexander McQueen Resort 2016 Where: 2017 EE BAFTA Film Awards

Uma foto publicada por Check The Tag (@checkthetag) em

Confira a lista dos vencedores do BAFTA 2017:

Melhor filme
“La la land: Cantando estações”

Melhor filme britânico
“Eu, Daniel Blake”

Melhor filme de diretor, roteirista ou produtor britânico estreante
“Under the shadow” (Babak Anvari, roteirista e diretor; Emily Leo, produtor; Oliver Roskill, produtor; Lucan Toh, produtor)

Melhor filme em língua estrangeira
“O filho de Saul” (Lázló Nemes”)

Melhor documentário
“A 13ª emenda” (Ava DuVernay)

Melhor animação
“Kubo e as cordas mágicas” (Travis Knight)

Melhor diretor
Damien Chazelle (“La la land: Cantando estações”)

Melhor roteiro original
Kenneth Lonergan (“Manchester à beira-mar”)

Melhor roteiro adaptado
Luke Davies (“Lion: Uma jornada para casa”)

Melhor ator
Casey Affleck (“Manchester à beira-mar”)

Melhor atriz
Emma Stone (“La la land: Cantando estações”)

Melhor ator coadjuvante
Dev Patel (“Lion: Uma jornada para casa”)

Melhor atriz coadjuvante
Viola Davis (“Um limite entre nós”)

Humbled! Thank you @BAFTA! #FencesMovie

Uma foto publicada por Viola Davis (@violadavis) em

Melhor canção original
Justin Hurwitz (“La la land: Cantando estações”)

Melhor fotografia
Linus Sandgren (“La la land: Cantando estações”)

Melhor edição
John Gilbert (“Até o último homem”)

Melhor design de produção
Stuart Craig e Anna Pinnock (“Animais fantásticos e onde habitam”)

Melhor cabelo & maquiagem
J. Roy Helland e Daniel Phillips (“Florence: Quem é essa mulher?”)

Melhor som
Claude La Haye, Bernard Gariépy Strobl e Sylvain Bellemare (“A chegada”)

Melhores efeitos visuais
Robert Legato, Dan Lemmon, Andrew R. Jones e Adam Valdez (“Mogli: O menino lobo”)

Melhor curta-metragem de animação britânico
“A love story” (Khaled Gad, Anushka Kishani Naanayakkara e Elena Ruscombe-King)

Melhor curta-metragem britânico
“Home” (Shpat Deda, Afolabi Kuti, Daniel Mulloy e Scott O’Donnell)

Revelação (voto do público)
Tom Holland

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui