Papo Seriado – Ep. 15 – Heróis Reais

E hoje, um texto sobre as profissões especiais que fazem do mundo um lugar melhor. A todos esses profissionais, a minha gratidão.

Heróis Reais
Heróis Reais

Meu povo mais lindo, bem vindo de novo! Que caos que está se instaurando no Brasil! A violência parece que tá ganhando seu lugar ao sol e, naturalmente, isso muito me preocupa. Talvez por isso eu tenha buscado exaltar a importância social na construção de um futuro melhor. Pensando nisso, acabei me lembrando de uma sugestão do Boss que acho que, mais do que nunca, se aplica. Depois de falarmos sobre super-heróis, depois de conversarmos sobre o papel dos atores nas discussões sociais, hoje é dia de falarmos sobre aquelas profissões que nos dão os verdadeiros super-heróis, nossos próprios heróis reais.

Como eu não apenas gosto de clichê, mas sou completamente, escolhi começar pelos profissionais com mãos mágicas e que passam a vida estudando não apenas

(Reprodução/NBC)
(Reprodução/NBC)

para salvar vidas, mas para consertar cada partezinha do nosso corpo quando elas insistem em quebrar. Em especial, já que nosso papo é seriado, decidi escolher um personagem para cada profissão heróica e, aqui, escolhi nosso amadinho Dr. Charles, que é psiquiatra. Mas Lari(admitam, nunca mais eu tinha usado a 3ª pessoa, vai…), porque um psiquiatra quando temos neurocirurgiões como os Shepherd?! Gente, acho a psiquiatria uma das mais belas áreas da medicina, ela nos ajuda com as dores da alma, cura nossa mente para que sejamos capazes de cuidar do nosso corpo. Então, Dr. Charles, you’re our hero! <3

(Reprodução/Netflix)
(Reprodução/Netflix)

Sem querer, obviamente, puxar sardinha para o meu lado, não tenho como não falar aqui dos profissionais da Justiça, tão bem representados por Matt Murdock. Obviamente, escolho esses profissionais pensando no papel deles perante a sociedade. Num mundo cada vez mais injusto e desigual, eles buscam. É verdade que nem todo profissional do Direito, e nisso incluo Juízes, Advogados e Defensores, busca fazer do mundo um lugar melhor, mas hoje a nossa gratidão é para aqueles que o fazem.

(Reprodução/NBC)
(Reprodução/NBC)

Outro lugar em que parece que temos verdadeiros anjos é no Corpo de Bombeiros. Profissionais que todos os dias saem de suas casas e do aconchego de suas famílias para oferecer a própria vida em troca das nossas. A profissão, convenhamos, ainda é um pouco dominada por homens, motivo pelo qual eu escolhi a Leslie Shay, de Chicago Fire, para representá-la. Afinal, não apenas junto com Dawson é uma mulher no meio de tantos homens, como foi capaz de dar a própria vida pelo que acreditava e pela profissão que amava. A esses todo o meu reconhecimento.

(Reprodução/Fox)
(Reprodução/Fox)

Além desses, eu não poderia esquecer daqueles que transformam o mundo num lugar mais colorido, poético e com melodias bonitas. Os artistas, tais qual Rachel Berry, fazem com que as dores do mundo se tornem mais suportáveis e as lutas diárias menos pesadas. Oferecer esperança em tempos de dor, miséria e injustiça nunca vai ser fácil, mas são pessoas assim que, por alguns instantes no dia, nos roubam um sentimento mais profundo, nos tiram um sorriso de canto de boca e nos inspiram a continuar. Aos sonhadores e criativos, muito obrigada.

Por último, mas não menos importante, aqueles heróis diários, que dedicam a vida a salários na maioria das vezes bem baixos, mas são capazes de transformar a existência de qualquer pessoa. Profissionais que, por muitas vezes, arriscam as vidas indo ensinar em bairros de periferia, tanto no Brasil como em boa parte dos EUA e do mundo.

(Reprodução/ABC)
(Reprodução/ABC)

Não existem médicos, bombeiros, roteiristas, sem um professor por trás de tudo. A verdade é que mesmo que não arrisquem as vidas todos os dias, os professores são aqueles que nos transformam nas pessoas que seremos e mudam nossa visão de mundo; por muitas vezes são nossas famílias e amigos e o esteio que precisamos para seguir; mais do que isso: são os primeiros apoiadores dos nossos sonhos, seja para sermos atrizes, seja para sermos astronautas. Eles formam aqueles que serão o futuro, sendo, pois, os principais responsáveis pelo molde do amanhã. Quem melhor para representá-los que Will Schuester? To sir, with love.

A todos os heróis do dia a dia, meu muito obrigada. E vocês? Quem vocês acham que são heróis cotidianos?

Ah… no Nosso 16º Papo, tenho uma coluna super especial que, tenho certeza, vocês adorarão conferir, especialmente os fãs de Survivor!

Xoxo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui