DVD e Blu-Ray de ‘A Bela e a Fera’ trarão 9 minutos de cenas deletadas

Em entrevista, o diretor Bill Condon fala sobre duração de cenas extras e o desejo de lançar uma versão de A Bela e a Fera sem efeitos visuais.

Leia também:

‘Projeto Gemini’ e ‘Morto Não Fala’ são as estreias da semana nos cinemas

As estreias desta semana nos cinemas trazem filmes para todos os gostos. "Projeto Gemini", o ousado filme do cineasta...

Cinema da UFPE é a nova opção para os cinéfilos pernambucanos

O Cinema da UFPE, nova sala de exibição no Recife, será inaugurado nesta quarta-feira (09). O evento acontece às...

Sem apoio de editais, Janela de Cinema recorre ao público para acontecer

Um dos maiores festivais de cinema de Pernambuco, o Janela Internacional de Cinema do Recife recorre neste ano ao...
Pedro Pessoa
Pedro Pessoa
Nerd, geek, gamer, engenheiro químico, projeto de mestrando. Ainda aprendendo o gameplay desse jogo que é a vida.

A Bela e a Fera (Divulgação/Disney)
A Bela e a Fera (Divulgação/Disney)

Se você já assistiu o live-action de A Bela e a Fera, lançado nos cinemas brasileiros no dia 17 de março, agora terá mais um motivo para rever o longa em DVD/Blu-Ray. Acontece que em entrevista recente ao site Collider, o diretor Bill Condon (de “Dreamgirls – Em Busca de um Sonho” e “A Saga Crepúsculo – Amanhecer partes 1 e 2”) confirmou que os extras do filme em DVD/Blu-Ray terão cerca de 9 minutos em cenas deletadas.

Segundo o diretor, em sua versão inicial, o longa estrelado por Emma Watson e Dan Stevens possuía 20 minutos a mais do que a versão final lançada nos cinemas. De acordo com Condon, a maior parte desses minutos extras que foram eliminados se passam em cenas curtas essencialmente no castelo da Fera e também durante o confronto entre os aldeões e a mobília.

- Publicidade -

Na entrevista, o diretor também comentou que o filme passou por 15 meses de edição e demonstrou o desejo de lançar o filme sem os efeitos visuais, para que o publico pudesse ver a atuação de Dan Stevens, que mesmo usando um traje de cerca de 18 quilos para fazer os movimentos do príncipe transformado, ainda manteve suas expressões faciais e performance intactas.

Será que um dia veremos o filme sem efeitos?

A Bela e a Fera segue em cartaz nos cinemas.

- Publicidade -
- Relacionados -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -

Últimos destaques:

A Grande Mentira | Crítica

Assistir Ian McKellen e Helen Mirren por uma hora e cinquenta minutos é sempre um prazer, mesmo quando o veículo não é lá...

Azougue Nazaré | Crítica

Uma terra com uma vasta variedade de culturas que culminam em diferentes religiões, o Brasil vem perdendo suas raízes com a ascensão do poderio...

As Panteras | Crítica

Hollywood fez mais uma vítima na sua não tão nova moda de reciclar franquias - a saudosa série As Panteras ("Charlie's Angels") ganhou uma...

Ford vs Ferrari | Crítica

A principal lição que se pode tirar do novo filme de James Mangold, é que não há nada que não fique 100% melhor com a...

Dora e a Cidade Perdida | Crítica

  A adaptação do desenho interativo Dora, a Aventureira, exibido no começo dos anos 2000 pelo canal Nickelodeon poderia ter seguido um caminho bem diferente e...
- Filmes recomendados -


More Articles Like This

- Publicidade -