Logan: saiba o que ficou de fora do filme e o futuro da X-23

Roteirista contou detalhes sobre cena que ficou de fora da versão final de Logan; o diretor James Mangold falou ainda sobre o futuro da personagem Laura.

Cena de "Logan" (Reprodução/20th Century Fox)
Cena de “Logan” (Reprodução/20th Century Fox)

Se você ainda não assistiu a Logan nos cinemas, atenção – o texto a seguir contém spoilers.

Quem já asisstiu Logan, percebeu que são dadas algumas pistas sobre o que aconteceu com os X-Men e que a culpa de tudo é do Professor Xavier (Patrick Stewart). O roteirista Michael Green contou que, numa das versões do roteiro, tudo seria mostrado – mas a cena acabou ficando de fora da versão final.

O filme final é mais emocionante do que as versões que mostram especificamente o flashback,” contou Green em entrevista ao THR., roteirista do filme, disse ao THR. “Tinham o flashback do que aconteceu, mas eu percebi que na experiência de assistir é mais áspera apenas saber que algo triste aconteceu e que foi ruim e que, provavelmente, amigos foram perdidos”, revela.

Já o intérprete do Professor Xavier falou um pouco sobre o responsável pela catástrofe. “Provavelmente foi Charles mas ele não sabe. Ele não tem memória. Ele tem um instinto, um impulso, de que algo aconteceu e que foi algo ruim”, disse Patrick Stewart.

Já James Mangold foi direto sobre sua decisão de não mostrar o acontecimento. “Eu queria fazer um filme mais sobre personagens do que sobre informações”, afirmou o diretor de Logan.

Em entrevista ao We Got this Covered, Mangold disse que chegou a cogitar a possibilidade de fazer um encontro do Logan com outros mutantes. “Não quero revelar nada, mas eu imaginei uma rota clandestina onde ele veria vários mutantes que encontrou em sua jornada. Isso sempre me pareceu alheio à solidão desta história e então meio que virou um cameo”, revelou.

O cineasta também contou que pretende trabalhar novamente com Dafne Keen, a intérprete da Laura (ou X-23). “Eu acho a Dafne incrível no filme e eu amaria vê-la em outra produção sobre outro personagem. Certamente, isso seria algo onde eu me envolveria”, disse James Mangold. “Para mim, essa foi uma das maiores adições que eu trouxe para o projeto; a decisão de tentar fazer esse filme sobre família e tentar inserir a Laura e essas pressões que ela traz consigo, colocando a ideia do Charles como apoio”, completa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui