Festival de Cannes 2017: conheça o júri responsável pela Palma de Ouro

Atores, cineastas e compositor com destaque na indústria cinematográfica compõe júri da Palma de Ouro 2017, o prêmio máximo do Festival de Cannes.

Festival de Cannes fez anúncio em press conference (Foto: Reprodução)
Festival de Cannes fez anúncio em press conference (Foto: Reprodução)

O Festival de Cannes definiu o corpo de jurados que irá escolher o filme vencedor da Palma de Ouro em sua 70ª edição. Presidido pelo cineasta espanhol Pedro Almodóvar, o júri é composto por quatro homens e quatro mulheres com grande representatividade na indústria do cinema de Hollywood e internacional.

A Palma de Ouro é o prêmio máximo do Festival de Cannes, que este ano será entregue ao vencedor no dia 28 de maio. Confira a lista completa de jurados:

Maren Ade

Maren Ade (Reprodução/Goethe Institute)

Maren Ade ganhou um grande destaque na indústria cinematográfica no ano passado quando seu filme Toni Erdmann estreou em Cannes, recebeu diversos prêmios pelo mundo e ganhou uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Antes, a cineasta já havia fundado uma produtora – a Komplizen Film – e lançou outros filmes de sucesso como “Forest for the Trees” (vencedor do prêmio especial do júri em Sundance) e “Todos os Outros” (melhor filme e atriz no Festival de Berlim).

Will Smith

Will Smith (Reprodução/NiT.pt)
Will Smith (Reprodução/NiT.pt)

Will Smith é multitalentoso. Começou na música, somando 4 prêmios Grammy no currículo e logo migrou para a TV, onde estrelou a sitcom “Um Maluco no Pedaço”. No cinema, tem duas indicações ao Oscar por sua atuação em “Ali” e “À Procura da Felicidade”. O ator também contribui com movimentos sociais – ele e sua esposa possuem uma fundação que ajuda famílias carentes.

Paolo Sorrentino

Paolo Sorrentino (Reprodução/IndieWire)
Paolo Sorrentino (Reprodução/IndieWire)

Vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro por “A Grande Beleza” e com uma indicação na mesma categoria em 2015 por “A Juventude”, Paolo Sorrentino é um dos cineastas e roteiristas mais evidentes dos últimos anos. Com sete dos seus filmes passando primeiro por Cannes, o diretor se arriscou também na TV e obteve críticas bastante positivas com a recém lançada minissérie The Young Pope, que chega ao Brasil no dia 30 de abril pelo Fox Premium.

Gabriel Yared

Gabriel Yared (Reprodução/22D Music Group)
Gabriel Yared (Reprodução/22D Music Group)

Um dos compositores mais procurados do cinema mundial, Gabriel Yared começou sua carreira ao retornar para a Europa após passar por aulas na França e aqui no Brasil. Premiado, Yared recentemente contribuiu com a composição da cinebiografia francesa Chocolate e já colaborou com filmes de Xavier Dolan, Jean Luc-Godard e Anthony Minghella, esse último que deu a ele o Oscar de melhor trilha pelo seu trabalho no filme “O Paciente Inglês”.

Jessica Chastain

Jessica Chastain (Foto: Reprodução)
Jessica Chastain (Foto: Reprodução)

A jovem atriz californiana já participou de grandes produções Hollywoodianas como “Histórias Cruzadas”, “Interestelar”, “Perdido em Marte”, “A Hora Mais Escura” e “O Ano Mais Violento”. Com duas indicações ao Oscar, Jessica Chastain lançou uma produtora, a Freckle Films”, e está confirmada no próximo filme do cineasta canadense Xavier Dolan, “A Vida e a Morte de John F. Donovan”.

Park Chan-Wook

Park Chan-Wook (Reprodução/ScreenAnarchy)
Park Chan-Wook (Reprodução/ScreenAnarchy)

Vencedor do Grand Prix do Festival de Cannes pelo filme “Oldboy”, recebeu também o prêmio especial do Júri com “Sede de Sangue”. Estreou em Hollywood com elogios da crítica ao produzir “Expresso do Amanhã” e recentemente voltou aos holofotes com A Criada, filme lançado no ano passado (e no começo deste ano no Brasil) que recebeu diversos prêmios ao redor do mundo.

Também compõem o júri:

Agnès Jaoui – Cineasta vencedora de 4 prêmios César pelo filme “O Gosto dos Outros” e vencedora do prêmio de melhor roteiro em Cannes por “Uma Questão de Imagem”.

Fan Bingbing – Atriz que estrelou o filme “Cell Phone”, filme chinês de maior bilheteria em 2003. Estreou em Hollywood em “X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido”, atuou e venceu diversos prêmios pelo filme “I Am Not Madame Bovary” e está na lista da TIME como uma das 100 personalidades mais influentes de 2017.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui