- Publicidade -

Painéis da CCXP Tour encerram com Marvel, ‘Bingo’ e artistas internacionais

Vladimir Brichta falou do filme "Bingo - O Rei das Manhãs" enquanto Marvel Studios apresentou os próximos lançamentos e material inédito na CCXP Tour.

Vladimir Brichta no painel de Bingo - O Rei das Manhãs (Divulgação/CCXP Tour)
Vladimir Brichta no painel de Bingo – O Rei das Manhãs (Divulgação/CCXP Tour)

- PUBLICIDADE -

Depois de uma maratona painéis de grandes estúdios nacionais e internacionais, apresentação de filmes, séries, quadrinhos e quadrinistas, além de convidados especiais e homenagens, o quarto dia de CCXP Tour encerrava o evento com mais um pouco do que vinha rolando nos três primeiros dias.

O último dia de CCXP Tour Nordeste abriu com o painel de “Bingo – O Rei das Manhãs” promovido pela Warner Bros. Pictures. Para representar o filme, Vladimir Brichta esteve presente no auditório Twitch e começou falando da sua relação com Recife. “Recife é uma das cidades mais importantes para mim, é onde fiz minha primeira peça, de João Falcão, onde ganhei meu primeiro prêmio do cinema“, conta.

Brichta contou como foi interpretar o palhaço Bingo no longa que chega aos cinemas no dia 24 de agosto. “Eu sempre achei que era um palhaço, mas tinha um certo medo de dizer, porque nunca estudei para ser um e tenho o maior respeito por quem estuda e tem formação. Então, para fazer esse personagem, eu precisava afirmar isso sem medo”, revelou.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Ligado na cultura pop, o ator vestia uma camisa do Coringa interpretado por Heath Ledger na trilogia do Batman de Christopher Nolan. “Foi o trabalho mais brilhante que ele fez e acho que dialoga com esse lugar. Ele é bem mais cruel que o nosso Bingo, mas espero que ele seja tão encantador e instigante como foi esse”, disse o ator, que também contou que tem a interpretação de Ledger como uma referência.

“Bingo – O Rei das Manhãs” é inspirado na vida de Arlindo Barreto, que interpretou o palhaço Bozo na TV. “Uma pessoa que era o maior sucesso do país, mas, ao mesmo tempo era anônimo, porque havia uma cláusula no contrato de que ninguém podia saber quem ele era. Então, ele não tinha isso que todo artista quer ter que é o reconhecimento, era algo muito difícil de lidar”, comentou sobre o personagem.

Claudia Wells, de "De Volta para o Futuro" (Divulgação/CCXP Tour)
Claudia Wells, de “De Volta para o Futuro” (Divulgação/CCXP Tour)

Em seguida, o auditório Twitch recebeu Claudia Wells, a intérprete da namorada de Marty McFly no filme “De Volta Para o Futuro”. A atriz entrou no palco dando Feliz Páscoa em português, arrancando aplausos do público presente.

Claudia comentou como eram as gravações do longa dirigido por Robert Zemeckis. “Tudo tinha que sair perfeito. Teve uma cena que gravamos 26 vezes”, contou. Sobre Michael J. Fox, seu parceiro no filme, ela foi só elogios. “Ele é amável, tranquilo, amigável, tão legal quanto parece, ele é o Marty”, afirmou.

Wells contou também por que não retornou para o segundo e terceiro filme da trilogia. “Minha mãe teve câncer e nós vivíamos juntas na época. Era demais para lidar com isso e com a atuação ao mesmo tempo. Essa foi a minha decisão e eu realmente tive que mantê-la”, lamentou.

Quando perguntada se a trilogia “De Volta Para o Futuro” deveria ganhar um remake ou continuação, ela foi enfática: “Alguns filmes têm que ser deixados do jeito que estão, e eu estou feliz por ter feito parte disso”.

Kevin Sussman, de The Big Bang Theory (Divulgação/CCXP Tour)
Kevin Sussman, de The Big Bang Theory (Divulgação/CCXP Tour)

O terceiro painel do dia contou Kevin Sussman, da série The Big Bang Theory. O intérprete do dono da loja de quadrinhos frequentada pelo elenco principal do seriado esteve presente na CCXP Tour para falar sobre o sucesso da produção, que está no ar há quase dez anos.

Essa foi a primeira vez de Sussman no Brasil, que falou da recepção calorosa do público na CCXP Tour. “Eu ainda não tive tempo de ver muita coisa, mas as pessoas são maravilhosas. Eu consigo sentir o calor delas”, disse o ator.

Sobre o sucesso da série, o ator hesitou mas tentou adivinhar o que faz The Big Bang Theory ser tão querida pelo público, principalmente os nerds. “Pode parecer clichê, mas acho que o sucesso se deve ao fato de que é uma série muito bem escrita, o elenco se dá muito bem, todo mundo é muito amigo. Você vê a cena e parece que as pessoas estão se divertindo ali e elas realmente estão. Outra questão é uma convenção como essa. Antes, os nerds se escondiam, hoje, a gente está celebrando o fato de sermos nerds, então é isso, ‘nerd power!'”, falou Sussman sob aplausos dos fãs.

O último painel do quarto dia de CCXP Tour ficou por conta da Marvel Studios, que exibiu um trailer inédito de Thor: Ragnarok e nove minutos de cenas inéditas de Guardiões da Galáxia vol. 2, que tem estreia marcada para 27 de abril. Entre os clipes exibidos, um deles apresenta Ayesha, uma nova personagem que será interpretada por Elizabeth Debicki. Outra cena trazia uma cena com muita luta com Yondu, Rocket e Groot embalada numa trilha sonora empolgante.

- PUBLICIDADE -
Paulo Cavalcante
Paulo Cavalcantehttp://www.cafedeideias.com
Professor, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a sétima arte e a dramaturgia para as diferentes telas.
Array

Conteúdo relacionado:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here