‘Piratas do Caribe’ não terá continuação sem Johnny Depp

Para produtor da franquia Piratas do Caribe, a presença de Johnny Depp nos filmes é fundamental para o sucesso da saga da Disney.

Johnny Depp e Jerry Bruckheimer, ator e produtor de "Piratas do Caribe" (Foto: Reprodução)
Johnny Depp e Jerry Bruckheimer, ator e produtor de “Piratas do Caribe” (Foto: Reprodução)

Já pensou numa continuação de Piratas do Caribe sem Jack Sparrow? Se sua resposta foi sim, saiba que muitas pessoas também pensaram nisso e e já foram perguntar ao produtor da franquia, Jerry Bruckheimer, se isso pode mesmo acontecer.

Em entrevista ao Digital Spy, Bruckheimer descartou esta possibilidade. “Não vejo isso…”, disse Bruckheimer. “O segredo de toda franquia de sucesso é escolher pessoas talentosas, e Johnny é, absolutamente, a chave do sucesso [da franquia “Piratas do Caribe”]. Ele é um personagem muito único, muito querido e muito irreverente, tudo em um”, conta.

A popularidade da franquia cinematográfica da Disney depende de Johnny Depp, acredita o produtor. “Ele não mudou nada! Isso que é tão legal nele. Ele é o mesmo cara do primeiro filme. Ele ainda sai por aí em busca do que for bom pra ele. E Johnny não mudou também. Trabalhamos juntos em seis filmes e ele é um indivíduo incrível”, disse Bruckheimer.

A presença de Depp em Piratas do Caribe é tão importante que o roteiro de “A Vingança de Salazar” foi modificado após o ator afirmar que não participaria do filme por ter uma mulher como vilã na concepção inicial. No filme que está em cartaz nos cinemas, outras demonstração de sua importância é ter usado CGI para rejuvenescer o ator ao invés de contratar um artista mais novo e parecido com Depp para interpretar o jovem Sparrow.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui