Girlboss é cancelada pela Netflix e Sophia Amoruso critica a série

Parece que a verdadeira Sophia Amoruso não gostou da forma como foi retratada em Girlboss da Netflix e falou umas verdades no Instagram.

Girlboss (Reprodução/Netflix)
Girlboss (Reprodução/Netflix)

A série original da Netflix Girlboss está oficialmente cancelada, anunciou Sophia Amoruso no Instagram. E parece que a musa inspiradora da produção do serviço de streaming não estava muito satisfeita com os rumos que a trama tomou na sua primeira e única temporada.

Através do Instagram Stories, a criadora da empresa da loja de moda Nasty Gal falou sobre como sua pessoa foi retratada na ficção. “Bom, a série da Netflix sobre a minha vida foi cancelada. Ao mesmo tempo em que estou orgulhosa do trabalho que fizemos, também estou ansiosa para controlar minha narrativa daqui para frente”, publicou. “Foi uma boa série e eu fui privilegiada por trabalhar com talentos incríveis, mas viver minha vida como uma caricatura foi difícil, mesmo por apenas dois meses”, revelou Amoruso.

Sua personagem na série era retratada como egoísta e um tanto babaca, coisa que ela negou que seja em seu perfil na rede social. Ainda segundo Amoruso, ela em nenhum momento foi traída por um homem chamado Shane, como retratado no seriado da Netflix cujo roteiro é baseado no seu livro homônimo.

“Seria legal contar a história do que tem acontecido nos últimos anos”, disse Sophia Amoruso no Instagram, dando esperanças de que ela possa lançar pelo menos uma continuação para o seu livro, dando continuidade a sua autobiografia.

A Nasty Gal surgiu no Ebay como um brechó e em seis anos chegou ao valor de US$100 milhões. No final de 2016 a empresa declarou falência e foi vendida a uma multimarcas britânica por US$20 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui