Depois de longas elogiados e premiados como “Tatuagem”, “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, “Praia do Futuro” e “Beira-Mar”, o cinema queer brasileiro ganhou força e parece ter se estabelecido no mercado cinematográfico nacional atingindo um público cada vez maior, seja na presença de um maior número de salas ou por vias alternativas, como o streaming ou a TV paga. Aproveitando essa nova fase do cinema nacional, a Vitrine Filmes se prepara para o lançamento de Corpo Elétrico, longa estrelado por Kelner Macêdo sob direção de Marcelo Caetano.

No filme conhecemos Elias (Kelner Macêdo), um jovem que tenta equilibrar seu cotidiano entre o trabalho numa fábrica de roupas e encontros casuais com outros rapazes. Em cada cama que Elias se deita um universo se abre a partir das narrativas contadas por seus parceiros e, através dele, mergulhamos em encontros, aventuras sexuais e sonhos.

Além da direção, Marcelo Caetano é o roteirista de Corpo Elétrico, que conta ainda com a participação de Márcia Pantera e MC Linn da Quebrada no elenco.

Com estreia prevista para 17 de agosto nos cinemas brasileiros, o filme já passou por diversos festivais internacionais de cinema como o de Rotterdam, na Holanda, o Krakow, da Polônia, o BFI Flare de Londres e o Outfest, de Los Angeles, bem como o Festival de Guadalajara, no México, onde levou o Prêmio Maguey.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here