- Publicidade -

Extraterrestres e lobisomem se encontram no Janela de Cinema 2017

O clássico Contatos Imediatos de Terceiro Grau e o inédito As Boas Maneiras foram os destaques do terceiro dia do X Janela Internacional de Cinema do Recife.

Exibição de As Boas Maneiras apresentam filme no X Janela Internacional de Cinema do Recife (Foto: Victor Jucá/Cinemascopio)
Exibição de As Boas Maneiras apresentam filme no X Janela Internacional de Cinema do Recife (Foto: Victor Jucá/Cinemascopio)

- PUBLICIDADE -

O terceiro dia do X Janela Internacional de Cinema do Recife foi de encontro de criaturas estranhas no Cinema São Luiz. O público do festival pode prestigiar o clássico Contatos Imediatos de Terceiro Grau (1978), de Steven Spielberg, numa excelente projeção 4K, com qualidade absurda de som e imagem que entregou aos espectadores todo o espetáculo visual do filme, com efeitos especiais inovadores para a época que foi lançado e com uma trilha envolvente.

Se durante a tarde o público se deparou com extraterrestres na telona, à noite foi a vez de uma criatura muito conhecida do folclore brasileiro – o lobisomem ganhou destaque em As Boas Maneiras (2017), de Juliana Rojas e Marco Dutra. Estrelado por Marjorie Estiano numa de suas melhores e mais diferentes atuações de sua carreira, o longa conta a misteriosa história de uma mulher grávida e sua relação com a uma babá contratada para cuidar da grávida e posteriormente, do bebê. O roteiro surpreende com uma virada no meio trama, dando um tom completamente diferente ao filme, tornando-o uma das melhores obras do cinema de gênero nacional.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Diretores de As Boas Maneiras apresentam filme no X Janela Internacional de Cinema do Recife (Foto: Victor Jucá/Cinemascopio)
Diretores de As Boas Maneiras apresentam filme no X Janela Internacional de Cinema do Recife (Foto: Victor Jucá/Cinemascopio)

No Cinema do Museu o destaque ficou para o encontro com o cineasta francês Laurent Cantet, que apresentou no último sábado (04) o seu mais recente longa A Trama (2017) no Janela Internacional de Cinema do Recife. Na conversa, conduzida pelo cineasta e curador do festival Kléber Mendonça Filho (diretor de “Aquarius”), Cantet falou sobre seus trabalhos, o início da carreira e sobre uma de suas marcas, o desafio da condução de um elenco formado por não-atores para compor os seus filmes.

A segunda-feira (06) dá continuidade ao festival com uma extensa programação, trazendo a estreia no Recife de Açúcar (2017), novo filme estrelado pela atriz Maeve Jinkings, além da exibição work in progress do piloto da série Fãtásticos de André Pinto e Henrique Spencer, bem como a reprise de As Boas Maneiras no Cinema do Museu. Confira aqui a programação completa do festival.

- PUBLICIDADE -
Paulo Cavalcante
Paulo Cavalcantehttp://www.cafedeideias.com
Professor, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a sétima arte e a dramaturgia para as diferentes telas.
Array

Conteúdo relacionado:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here