Kevin Spacey em House of Cards (Divulgação/Netflix)
Kevin Spacey em House of Cards (Divulgação/Netflix)

A Netflix optou por dar um fim a série House of Cards. A série terminará em sua sexta temporada, ainda inédita para o público. A decisão foi tomada após Kevin Spacey, protagonista do seriado, será acusado de assédio sexual pelo ator Anthony Rapp, que diz ter sido abusado aos 14 anos, no ano de 1986, por Spacey, quando os dois atuavam numa peça de teatro.

As gravações do sexto ano do seriado também foram interrompidas e segundo o Deadline, um filme da Netflix estrelado por Kevin Spacey que seria inspirado na vida de Gore Vidal tem a possibilidade de ser vetado após o escândalo envolvendo o ator.

Segundo o TV Line, ainda que a notícia do cancelamento tenha sido dada logo após a bomba sobre o assédio sexual estourar, os produtores e a Netflix já teriam acertado há meses que o fim da série seria na sexta temporada.

Anthony Rapp, que atualmente está na série Star Trek: Discovery, exibida no Brasil também pela Netflix, contou que durante a investida de Spacey, ele o pegou ainda garoto no braços – em suas palavras, como se carregasse uma noiva no colo – e o jogou na cama, avançando em cima do Rapp.  Spacey publicou em seguida uma nota pedindo desculpas, afirmando estar bêbado na ocasião e não lembrar dos fatos relatados por Rapp e aproveitou para sair do armário e anunciar que se relaciona tanto com homens quanto com mulheres. Nas redes sociais, artistas e populares revoltaram-se e julgaram que o ator estaria usando a revelação de sua sexualidade para minimizar o burburinho em torno da acusação de assédio.

A última temporada de House of Cards tem previsão de estreia para 2018 na Netflix.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here