APCA elege ‘Corpo Elétrico’ como melhor filme nacional de 2017

Além de "Corpo Elétrico", "Bingo - O Rei das Manhãs", "Como Nossos Pais" e" Gabriel e a Montanha" receberam prêmio dos críticos paulistas.

Corpo Elétrico (Divulgação/Vitrine Filmes)
Corpo Elétrico (Divulgação/Vitrine Filmes)

A APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) anunciou na última segunda (11) os vencedores do seu prêmio de melhores do ano. Nas categorias de cinema, o longa Corpo Elétrico do cineasta Marcelo Caetano foi eleito o melhor filme nacional de 2017.

Estrelado por Kelner Macêdo e Lucas Andrade, o longa segue a vida de Elias, o jovem criador de uma fábrica de confecção roupas no centro de São Paulo. Ele mantém pouco contato com a família na Paraíba, e passa seus dias entre o trabalho e os encontros com outros homens. Enquanto reflete sobre as possibilidades de futuro, começa a ficar cada vez mais próximo dos colegas da fábrica, e vê os amigos seguirem caminhos diferentes dos seus.

 

Vladimir Brichta foi consagrado pela APCA o melhor ator de 2017 pelo filme Bingo – O Rei das Manhãs, escolha do Brasil para competir por uma indicação na categoria de melhor filme estrangeiro no Oscar 2018.

Na categoria de melhor atriz, Clarice Abujamra foi eleita por sua atuação no filme Como Nossos Pais, de Laís Bodanzky.

Confira a lista completa dos vencedores nas categorias de cinema:

  • Melhor Filme: “Corpo elétrico”, de Marcelo Caetano
  • Melhor Diretor: João Moreira Salles, por “No intenso agora”
  • Melhor Roteiro: Fellipe Barbosa, Lucas Paraizo e Kirill Mikhanovsky por “Gabriel e a montanha”
  • Melhor Ator: Vladimir Brichta, por “Bingo – O Rei das Manhãs”
  • Melhor Atriz: Clarice Abujamra, por “Como nossos pais
  • Melhor Documentário: “Martírio”, de Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tatiana Almeida
  • Prêmio especial do júri: “Era o Hotel Cambridge”, de Eliane Caffé (pelo processo de criação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui