‘P575’, de Lais Rilda, vence o FestCine 2017; confira a lista de vencedores

Editora e crítica de cinema do Café de Ideias, Lais Rilda estreou no circuito com a exibição de 'P575' no festival que aconteceu no início deste mês em Recife.

Leia também:

‘Projeto Gemini’ e ‘Morto Não Fala’ são as estreias da semana nos cinemas

As estreias desta semana nos cinemas trazem filmes para todos os gostos. "Projeto Gemini", o ousado filme do cineasta...

Cinema da UFPE é a nova opção para os cinéfilos pernambucanos

O Cinema da UFPE, nova sala de exibição no Recife, será inaugurado nesta quarta-feira (09). O evento acontece às...

Sem apoio de editais, Janela de Cinema recorre ao público para acontecer

Um dos maiores festivais de cinema de Pernambuco, o Janela Internacional de Cinema do Recife recorre neste ano ao...
Paulo Cavalcante
Paulo Cavalcantehttp://www.cafedeideias.com
Professor, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a sétima arte e a dramaturgia para as diferentes telas.

P575 venceu o prêmio de Melhor Ficção do FestCine 2017 (Foto: Reprodução)
‘P575’ venceu o prêmio de Melhor Ficção do FestCine 2017 (Foto: Reprodução)

Terminou no último sábado (09) a 19ª edição do FestCine – Festival de Curtas de Pernambuco. O evento, que alcançou o maior público de sua história com cerca de 3,4 mil espectadores, exibiu 96 curtas pernambucanos e mostrou a presença do estado no meio cinematográfico e provou mais uma vez que está entre os grandes polos de cinema do país.

Diversos temas foram levados à telona do Cinema São Luiz através do festival realizado pelo Governo de Pernambuco, através da Secult e da Fundarpe, em parceria com a Prefeitura do Recife.

- Publicidade -

Entre os filmes premiados, destacamos P575, longa dirigido pela estudante de comunicação social e editora e crítica de cinema do Café de Ideias, Lais Rilda. O curta-metragem foi eleito como Melhor Ficção na Mostra Competitiva de Formação.

Equipe de "P575" nos bastidores do curta, da esq. à dir.: Amanda Santos, Débora Oliveira, Lais Rilda, Ricardo Lima e Joyce Viana (Foto: Arquivo Pessoal/Lais Rilda)
Equipe de “P575” nos bastidores do curta, da esq. à dir.: Amanda Santos, Débora Oliveira, Lais Rilda, Ricardo Lima e Joyce Viana (Foto: Arquivo Pessoal/Lais Rilda)

A sinopse da produção destaca: “Para cada pesquisador do tempo que falha, um novo entra em ação para desmascarar a verdade sobre o golpe de anos atrás”. Assista:

Outros vencedores do FestCine 2017

Vencedor na categoria de Melhor Curta Brasileiro no Animage 2017, o curta A Fazenda Rosa de Chia Beloto também se consagrou como a Melhor Animação do FestCine 2017, na Mostra Competitiva Geral.

Já o filme O Delírio é a Redenção dos Aflitos de Fellipe Fernandes, que nós vimos durante o IX Janela Internacional de Cinema do Recife e comentamos aqui, venceu em duas categorias – terceiro lugar na categoria de melhor ficção na Mostra Competitiva Geral e o Troféu Fernando Spencer de Melhor Atriz para Nash Laila (“Amor, Plástico e Barulho”), protagonista do curta-metragem.

Confira a lista completa dos premiados no FestCine 2017:

Prêmio ABD-PE/APECI: “Uma Balada para Rocky Lane”, de Djalma Galindo.

Menção Honrosa: “Fotograma”, de Luís Henrique Leal e Caio Zatti, e “Cores Femininas”, de Barbara Hostin, Gil, Júlias Karam, Juliana Trevas, Maria Cardozo, Roberta Garcia e Sylara Silvério.

MOSTRA COMPETITIVA DE FORMAÇÃO

DOCUMENTÁRIO

– “Fora Presídio”, do Coletivo Ficcionalizar

ANIMAÇÃO

– “Dia Um”, de Natália Lima, Júnior Ramos e Itamar Silva

FICÇÃO

– “P575”, de Lais Rilda

TROFÉU FERNANDO SPENCER

– Melhor Atriz: Nash Laila, pelo filme “O Delírio é a Redenção dos Aflitos”

– Melhor Ator: Heraldo Carvalho, pelo filme “Edney”

– Melhor Som: Lucas Caminha, pelo filme “Frequências”

– Melhor Trilha Sonora: Daniel Silva, Tiquinho Lira e Carlos Sá, pelo filme “Estás Vendo Coisas”

– Melhor Direção de Arte: Carla Sarmento, pelo filme “Orbitantes”

– Melhor Produção: A equipe do filme “Lampião e o Fogo da Serra Grande”

– Melhor Montagem: Paulo Santo, pelo filme “Casa Cheia”

– Melhor Fotografia: Pedro Sotero, pelo filme “Estás Vendo Coisas”

– Melhor Roteiro: João Cintra, pelo filme Edney

– Melhor Direção: Tila Chitunda, pelo filme “Nome de Batismo: Alice”

MOSTRA COMPETITIVA GERAL

VIDEOCLIPE

1º lugar: “Lia de Camaragibe”, de Erlânia Nascimento e Úrsula Freire
2º lugar: “Diz o Leão”, de Pedro Maia de Brito

3º Lugar: “Ficamos Assim”, de Lorena Calábria e Mariana Zdravca

VIDEOARTE/EXPERIMENTAL

1º lugar: “Dança Macabra”, de Filipe Marcena e Marcelo Sena

2º lugar: “Imanência”, de Breno César

3º lugar: “Teta Lírica”, de Marie Carangi

ANIMAÇÃO

1º lugar: “Fazenda Rosa”, de Chia Beloto

2º lugar: “A orelha encantada ou alma de gato”, de Paulo Leonardo

3º lugar: “O consertador de coisas miúdas”, de Marcus Buccini

DOCUMENTÁRIO

1º lugar: “Nome Batismo: Alice”, de Tila Chitunda

2º lugar: “Entre Andares”, de Aline Van der Linden e Marina Moura Maciel

3º lugar: “Cores Femininas”, de Barbara Hostin, Gil, Júlia Karam, Juliana Trevas, Maria Cardozo, Roberta Garcia e Sylara Silvério

FICÇÃO

1º lugar: “O Porteiro do Dia”, de Fábio Leal

2º lugar: “Edney”, de João Cintra

3º lugar: “O delírio é a redenção dos Aflitos”, de Fellipe Fernandes

- Publicidade -
- Relacionados -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -

Últimos destaques:

Azougue Nazaré | Crítica

Uma terra com uma vasta variedade de culturas que culminam em diferentes religiões, o Brasil vem perdendo suas raízes...

As Panteras | Crítica

Hollywood fez mais uma vítima na sua não tão nova moda de reciclar franquias - a saudosa série As Panteras ("Charlie's Angels") ganhou uma...

Ford vs Ferrari | Crítica

A principal lição que se pode tirar do novo filme de James Mangold, é que não há nada que não fique 100% melhor com a...

Dora e a Cidade Perdida | Crítica

  A adaptação do desenho interativo Dora, a Aventureira, exibido no começo dos anos 2000 pelo canal Nickelodeon poderia ter seguido um caminho bem diferente e...

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio | Crítica

Apostar em mais um capítulo da franquia Exterminador do Futuro é uma atividade que tem se mostrado perigosa nos últimos anos, que o diga Emilia Clarke...
- Filmes recomendados -


More Articles Like This

- Publicidade -