Premiada, série ‘The Handmaid’s Tale’ será exibida na TV brasileira

Série baseada na obra literária de Margaret Atwood estreia em março no Brasil após vencer principais premiações de TV dos EUA.

Leia também:

‘Projeto Gemini’ e ‘Morto Não Fala’ são as estreias da semana nos cinemas

As estreias desta semana nos cinemas trazem filmes para todos os gostos. "Projeto Gemini", o ousado filme do cineasta...

Cinema da UFPE é a nova opção para os cinéfilos pernambucanos

O Cinema da UFPE, nova sala de exibição no Recife, será inaugurado nesta quarta-feira (09). O evento acontece às...

Sem apoio de editais, Janela de Cinema recorre ao público para acontecer

Um dos maiores festivais de cinema de Pernambuco, o Janela Internacional de Cinema do Recife recorre neste ano ao...
Paulo Cavalcante
Paulo Cavalcantehttp://www.cafedeideias.com
Professor, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a sétima arte e a dramaturgia para as diferentes telas.

The Handmaid's Tale (Reprodução/Hulu)
The Handmaid’s Tale (Reprodução/Hulu)

Após vencer dois Globo de Ouro nas duas categorias em que estava indicada – melhor atriz (Elizabeth Moss) e melhor série de drama – a primeira temporada da distopia The Handmaid’s Tale finalmente ganhou uma casa na TV brasileira.

O canal pago Paramount Channel divulgou que exibirá a série com exclusividade no país a partir de março. A data e horário ainda não foram revelados.

- Publicidade -

Em 2017, The Handmaid’s Tale conquistou seis prêmios no Emmy Awards incluindo ‘Melhor Série de Drama’, ‘Melhor Atriz Protagonista em Drama’ (Elisabeth Moss), ‘Melhor Atriz Coadjuvante em Drama’ (Ann Dowd), ‘Melhor Direção de Série Dramática’ (Reed Morano), ‘Melhor Roteiro para Série Dramática’ e ‘Melhor Atriz Convidada em Série Dramática’ (Alexis Bledel).

Baseada no romance best-selling de Margaret Atwood, The Handmaid’s Tale é a história do lugar fictício Gilead, uma sociedade totalitária, que antes representava os Estados Unidos. Em um momento em que encarava diversos desastres naturais e uma alta taxa de natalidade, Gilead é governada por um regime fundamentalista e como uma das poucas mulheres férteis restantes, Offred (Elisabeth Moss) é forçada a servir como escrava sexual, como a última tentativa desesperada de repovoar o mundo. Nessa sociedade assustadora, Offred tem que encarar Commanders, suas cruéis esposas, a doméstica Marthas e suas queridas artesãs – e uma delas viria a se tornar uma espiã para Gilead – com um único objetivo: sobreviver e encontrar sua filha que foi tirada dela.

- Publicidade -
- Relacionados -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -

Últimos destaques:

Morto Não Fala | Crítica

Morto Não Fala, terror baseado no conto de Marco de Castro, é o filme de estreia de Dennison Ramalho....

Projeto Gemini | Crítica

Projeto Gemini passou por diversos cineastas até que pudesse cair nas mãos de Ang Lee. O diretor vencedor do Oscar por "O Segredo de...

‘Projeto Gemini’ e ‘Morto Não Fala’ são as estreias da semana nos cinemas

As estreias desta semana nos cinemas trazem filmes para todos os gostos. "Projeto Gemini", o ousado filme do cineasta Ang Lee estrelado por um...

Cinema da UFPE é a nova opção para os cinéfilos pernambucanos

O Cinema da UFPE, nova sala de exibição no Recife, será inaugurado nesta quarta-feira (09). O evento acontece às 18h com a presença do...

Sem apoio de editais, Janela de Cinema recorre ao público para acontecer

Um dos maiores festivais de cinema de Pernambuco, o Janela Internacional de Cinema do Recife recorre neste ano ao público para acontecer. Sem apoio...
- Filmes recomendados -



More Articles Like This

- Publicidade -