Em vídeo, diretor e astro de ‘Trama Fantasma’ comentam cenários do filme

Filme conta com seis indicações ao Oscar 2018, incluindo melhor filme, direção e ator.

Leia também:

‘Projeto Gemini’ e ‘Morto Não Fala’ são as estreias da semana nos cinemas

As estreias desta semana nos cinemas trazem filmes para todos os gostos. "Projeto Gemini", o ousado filme do cineasta...

Cinema da UFPE é a nova opção para os cinéfilos pernambucanos

O Cinema da UFPE, nova sala de exibição no Recife, será inaugurado nesta quarta-feira (09). O evento acontece às...

Sem apoio de editais, Janela de Cinema recorre ao público para acontecer

Um dos maiores festivais de cinema de Pernambuco, o Janela Internacional de Cinema do Recife recorre neste ano ao...
Paulo Cavalcante
Paulo Cavalcantehttp://www.cafedeideias.com
Professor, atua na internet há mais de dez anos produzindo conteúdo sobre séries e cinema, aprecia a sétima arte e a dramaturgia para as diferentes telas.

Trama Fantasma (Divulgação/Universal Pictures)
Trama Fantasma (Divulgação/Universal Pictures)

Os estilosos casarões de moda dos anos 1950 são tema de vídeo inédito de Trama Fantasma (“Phantom Thread”), que chegou aos cinemas no último dia 22 de fevereiro aos cinemas brasileiros. A equipe de design, o diretor Paul Thomas Anderson e o três vezes ganhador do Oscar Daniel Day-Lewis falam sobre o quão importante foi recriar um cenário que remetesse a essas oficinas de trabalho. 

Filmado inteiramente na Inglaterra, Daniel Day-Lewis, que dá vida ao estilista Reynolds Woodcock, relembra o set de filmagem: “Estavamos em Londres, em uma moradia que era muito bonita. E quando você entra nesses quartos, eles são seus, você sabe o que são. Fazem parte da sua vida”, comenta o ator.

- Publicidade -

Já Paul Thomas Anderson diz que a inspiração para a criação dos cenários veio de relatos que leram da época: “Eles tinham essas grandes casas georgianas na cidade que eram maravilhosas com grandes escadarias. Eles estavam sempre na moradia onde viviam e trabalhavam”, afirma.

Assista:

Ao resgatar o glamour e a alta costura da época, o filme apresenta a vida de um estilista confiante e focado que tira inspiração das mulheres que, constantemente, entram e saem de sua vida. Acostumado a vestir a realeza, estrelas de cinema, socialites e damas, Woodcock vê sua trama perder o rumo quando se envolve com Alma (Vicky Krieps), uma jovem forte que logo se torna um acessório necessário para sua vida e carreira, como musa e amante.

Além de Daniel Day-Lewis, que encerra sua premiada carreira com “Trama Fantasma”, o filme ainda conta com a participação de Lesley Manville, que concorre ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, Camilla Rutherford e Vicky Krieps.

- Publicidade -
- Relacionados -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -

Últimos destaques:

A Grande Mentira | Crítica

Assistir Ian McKellen e Helen Mirren por uma hora e cinquenta minutos é sempre um prazer, mesmo quando o veículo não é lá...

Azougue Nazaré | Crítica

Uma terra com uma vasta variedade de culturas que culminam em diferentes religiões, o Brasil vem perdendo suas raízes com a ascensão do poderio...

As Panteras | Crítica

Hollywood fez mais uma vítima na sua não tão nova moda de reciclar franquias - a saudosa série As Panteras ("Charlie's Angels") ganhou uma...

Ford vs Ferrari | Crítica

A principal lição que se pode tirar do novo filme de James Mangold, é que não há nada que não fique 100% melhor com a...

Dora e a Cidade Perdida | Crítica

  A adaptação do desenho interativo Dora, a Aventureira, exibido no começo dos anos 2000 pelo canal Nickelodeon poderia ter seguido um caminho bem diferente e...
- Filmes recomendados -




More Articles Like This

- Publicidade -