- Publicidade -

Crítica: A Luta do Século

Um documentário coeso sobre uma rivalidade que extrapolou sua origem nos ringues

Todo Duro e Holyfield em mais uma luta.

- PUBLICIDADE -

O documentário dirigido por Sérgio Machado, apresenta a rivalidade entre dois pesos pesados do ringue, Luciano Todo Duro e Reginaldo Holyfield. Ambos tiveram uma origem humilde e encontraram no boxe a possibilidade de mudar de vida.

O pernambucano Luciano Todo Duro começou a lutar antes de Holyfield. Enquanto Todo Duro ia conquistando destaque nacional, Holyfield passou a ganhar destaque em territórios baianos, sua terra natal. Até que em determinado momento da década de 90 o Brasil parecia não ter espaço para dois campeões, impulsionados pela mídia da época é organizada a primeira luta entre os pugilistas brasileiros.

- Advertisement -

O documentário se desenvolve em torno das lutas desses rivais pelo título de “melhor do Brasil”, enquanto eles também buscavam a carreira internacional. Para narrar toda essas histórias o documentário utiliza como dispositivo principal recorte de jornais e trechos de reportagens históricas sobre as lutas dos dois.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Todo material midiático utilizado no documentário serve não apenas para contextualizar a narrativa, mas também é colocado como a causa para a disputa dos boxeadores se tornar uma rivalidade entre pernambucanos e baianos.

Os meios de comunicação se transformam em mais um palco para os pugilistas, nele a luta fica em segundo plano e o destaque é para as ofensas e “piadas”. Como o próprio narrador sugere no filme, os lutadores e suas equipes com o tempo parecem não perceber mais o limite entre o ringue e os personagens midiáticos que criaram, fazendo as entrevistas terminarem sempre em brigas.

Um documentário intenso com destaque principalmente para sua montagem coerente, que consegue extrapolar sua proposta principal e contextualizar as histórias que cercavam individualmente e coletivamente seus protagonistas.

- PUBLICIDADE -
Lais Rilda
Lais Rilda
Estudante de Rádio, TV e Internet e consequentemente apaixonada por audiovisual, passo a maior parte do tempo relacionando o que aprendo em sala de aula com o que vejo na vida real e na ficção.
Leia mais em:

Conteúdo relacionado:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here