Lari Pelo Mundo – Londres e os sonhos que viram realidade

A última semana inteira em Dublin não trouxe grandes novidades, mas conhecer Londres, um dos grandes sonhos que tinha, foi fascinante. Na terra da Rainha foi só o primeiro dia, mas vem ver!

Após o apagão, cá estamos nós de volta com a programação normal. A semana em Dublin não teve grandes novidades, a rotina se manteve, exceto que decidimos experimentar coisas novas: Conhecemos a fábrica da Guinness – que mesmo com aula de degustação eu continuo sem gostar, fomos tomar uma pint no Temple Bar (o pub mesmo, não só o bairro) e experimentamos um crepe por lá – Eu, Bruna e Priscila. A verdade é que minha cabeça estava em outro lugar: Londres! Na sexta-feira, então, sob um frio absurdo, e depois de esperarmos por horas por um ônibus, pegamos um taxi e fomos para o aeroporto.

 

Quando chegamos em Londres não passamos pela imigração, o que me deixou bastante frustrada porque era um carimbo que eu queria no passaporte haha, logo encontramos nosso ônibus (com passagens já compradas) da National Express e fomos rumo ao centro. O aeroporto é um pouco distante – como muitos voos da ryanair que não pegam os aeroportos principais – mas o percurso que deveria durar mais ou menos uma hora, durou quase TRÊS! No dia em que chegamos, havia tido uma suspeita de atentado no metrô e a cidade, obviamente, virou um caos. Descemos na Victoria Station, compramos nossos cartõezinhos de Londres (tipo o “Vem”) e fomos lá tentar entender como chegaríamos a King Cross Station, estação perto do hostel. Duas baldeações depois, descemos por lá. Da estação para o hostel é uma caminhada de 5 minutos, mas graças ao Maps nosso caminha levou quase 20, perto da meia-noite, num frio absurdo e numa cidade que não conhecíamos. Bacana.

Quando chegamos ao Generator, nosso hostel, descobrimos que houve um problema com a nossa reserva e eles não separaram nossa reserva e, depois de um bom tempo esperando, decidimos comer na lanchonete – afinal, ninguém é de ferro. A pizza era DELICIOSA, com certeza uma das melhores que já comi. Quando voltamos para a recepção, haviam nos alocado num quarto duplo ( o nosso era para 8 pessoas) para passar a noite e, na manhã seguinte, mudaríamos de quarto. De quebra, ganhamos o café da manhã para o dia seguinte (que não era incluso). Como estávamos exaustas logo caímos na cama e quase perdemos a hora no sábado.

Arrumamos tudo, nos arrumamos e fomos tomar café. Como minha ideia em viajar é experimentar outras culturas, resolvi enfrentar o típico British Breakfast – com feijão, bacon, ovos – que, confesso, não gostei muito. A experiência, no entanto, foi extremamente válida. Colocamos nossas coisas no novo quarto e, já atrasadas, fomos encontrar Ray – que veio de Cambridge para passar o dia conosco. Logo quando saímos do hostel esbarramos com um brasileiro, Rodrigo, que sugeriu que fossemos andando do hostel até o Piccadilly Circus, onde havíamos marcado, mais ou menos 2,4km. Então fomos lá, eu e Priscilla numa caminhada que já não parece mais tão longa. Obviamente, paramos para tirar fotos no telefone e em alguns locais no caminho.

Quando nos encontramos, fomos logo comer já que já passava da hora do almoço – Mc donalds – e fomos ao M&M’s World, que é uma loja de TRÊS andares da M&M’s e que, frustrantemente, é absurda de cara. Muuito mais vantagem comprar nas Lojas Americanas. #dica Seguimos então para a London Bridge e London Eye, FRIO ABSURDO, e aproveitamos para conhecer um festival que estava acontecendo por lá – meio ao estilo food park, onde provei uma cidra de morango com limão DELICIOSA – Rekordelig! De lá, fomos a PENNEY’S de onde eu saí falida para o hostel. Chegando lá, conhecemos nossos roomates, 2 brasileiros (incluindo o brasileiro com o qual esbarramos de manhã), uma mexicana, uma coreana, um costarriquenho e um cara meio excêntrico lá. Dada a hora optamos por comer no hostel e eu preciso dizer: COMI O MELHOR HAMBURGUER DA MINHA VIDA!

 

 

Como a gripe foi minha fiel escudeira nessa viagem, me dopei com meus remédios e só acordei no dia seguinte pronta para ir para a troca da guarda no palácio de Buckingham. Quer saber como é? Até amanhã!

See you Soon,

Xoxo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui