Central do Brasil ganha versão remasterizada no XI Janela Internacional de Cinema do Recife

Versão remasterizada será exibida em 4K no Cinema São Luiz.

Central do Brasil (Foto: Reprodução)
Central do Brasil (Foto: Reprodução)

Central do Brasil completou 20 anos de seu lançamento em abril deste ano. Nesta mesma época, o jornal O Globo confirmou que o filme estava sendo remasterizado para a resolução 4K, em cópias DCP para exibição em festivais de cinema.

A versão restaurada foi exibida em outubro durante a 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e agora chega ao Recife através do XI Janela Internacional de Cinema do Recife, que terá sua abertura nesta quarta-feira, 7 de novembro, e segue até o domingo, dia 11.

Central do Brasil venceu o BAFTA e o Globo de Ouro de Melhor Filme de Língua Estrangeira e rendeu indicações ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Atriz para Fernanda Montenegro.

No filme, Dora, uma amargurada ex-professora, ganha a vida escrevendo cartas para pessoas analfabetas, que ditam o que querem contar às suas famílias. Ela embolsa o dinheiro sem sequer postar as cartas. Um dia, Josué, o filho de nove anos de idade de uma de suas clientes, acaba sozinho quando a mãe é morta em um acidente de ônibus. Ela reluta em cuidar do menino, mas se junta a ele em uma viagem pelo interior do Nordeste em busca do pai de Josué, que ele nunca conheceu.

Central do Brasil será exibido no sábado, 10 de novembro, às 18h50 no Cinema São Luiz, como parte da programação do XI Janela Internacional de Cinema do Recife.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui