Dora e a Cidade Perdida | Crítica

A versão hollywoodiana da animação que conquistou uma legião de fãs possui charme inegável.

Leia também:

‘Projeto Gemini’ e ‘Morto Não Fala’ são as estreias da semana nos cinemas

As estreias desta semana nos cinemas trazem filmes para todos os gostos. "Projeto Gemini", o ousado filme do cineasta...

Cinema da UFPE é a nova opção para os cinéfilos pernambucanos

O Cinema da UFPE, nova sala de exibição no Recife, será inaugurado nesta quarta-feira (09). O evento acontece às...

Sem apoio de editais, Janela de Cinema recorre ao público para acontecer

Um dos maiores festivais de cinema de Pernambuco, o Janela Internacional de Cinema do Recife recorre neste ano ao...
Evie Diane
Evie Diane
Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Denis Villeneuve, Steve McQueen, Luca Guadagnino, Woody Allen, Christopher Nolan, Olivier Assayas.

 

Dora e a Cidade Perdida (Foto: Divulgação/Paramount Pictures)
Dora e a Cidade Perdida (Foto: Divulgação/Paramount Pictures)

A adaptação do desenho interativo Dora, a Aventureira, exibido no começo dos anos 2000 pelo canal Nickelodeon poderia ter seguido um caminho bem diferente e se tornando mais uma das recentes produções para crianças e pré-adolescentes “sem alma” e sem nada a dizer. Mas esse não é o caso do filme Dora e a Cidade Perdida.

- Publicidade -

Carregado de ironia e piscadas de olho constantes para o público, deixando claro que não está acima das situações um tanto quanto absurdas que aborda, o longa de James Bobin consegue caminhar a linha tênue entre homenagem e paródia, trazendo uma versão da protagonista que é ao mesmo tempo familiar e nova.

Elenco de Dora e a Cidade Perdida (Divulgação/Paramount Pictures)
Elenco de Dora e a Cidade Perdida (Divulgação/Paramount Pictures)

Dora do cinema é complexa e cheia de charme

O feito sem dúvidas não seria possível sem a atuação complexa e cheia de charme de Isabela Moner, que interpreta a personagem aos 16 anos. Acostumada com a selva onde cresceu, criada pelos pais arqueólogos vividos por Eva Longoria e Michael Peña, ela cai de pára-quedas em um reino animal bem diferente: o ensino médio americano de Los Angeles.

É lá que o seu espírito puro, inocência e entusiasmo inabalável – que chega a beirar o bizarro – contrastam com o cinismo e o desinteresse dos demais colegas de escola; provando ser um dos seus maiores desafios. Dora, porém, é o tipo de pessoa impossível de não amar, e aos poucos sua personalidade solar acaba por aquecer os corações mais gelados.

A aventura na cidade grande não demora muito, e logo ela precisa retornar à floresta onde seus pais – que partiram em busca da lendária cidade perdida de Parapata – estão desaparecidos, ao mesmo tempo que enfrenta um grupo de gananciosos caçadores de tesouros liderados por Eugenio Derbez.

A mensagem principal de Dora e a Cidade Perdida parece ser a de que o pensamento positivo pode nos levar mais longe do que imaginamos, e que paixão e conhecimento por si só não significam muita coisa se não são compartilhados com os amigos, algo que a personagem compreende bem ao fim da sua grande jornada.

- Publicidade -
- Relacionados -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -

Últimos destaques:

A Grande Mentira | Crítica

Assistir Ian McKellen e Helen Mirren por uma hora e cinquenta minutos é sempre um prazer, mesmo quando o veículo não é lá...

Azougue Nazaré | Crítica

Uma terra com uma vasta variedade de culturas que culminam em diferentes religiões, o Brasil vem perdendo suas raízes com a ascensão do poderio...

As Panteras | Crítica

Hollywood fez mais uma vítima na sua não tão nova moda de reciclar franquias - a saudosa série As Panteras ("Charlie's Angels") ganhou uma...

Ford vs Ferrari | Crítica

A principal lição que se pode tirar do novo filme de James Mangold, é que não há nada que não fique 100% melhor com a...

Dora e a Cidade Perdida | Crítica

  A adaptação do desenho interativo Dora, a Aventureira, exibido no começo dos anos 2000 pelo canal Nickelodeon poderia ter seguido um caminho bem diferente e...
- Filmes recomendados -




More Articles Like This

- Publicidade -